Projetos de Pesquisa

lab pesquisa

Para maiores informações sobre os orientadores associados a estes projetos, consulte a Relação de Orientadores credenciados no Programa.

Clique no Projeto de Pesquisa para descrição.

Relação dos Projetos de Pesquisa em andamento dos integrantes do PPG em Medicina Translacional

A era omics voltada para a sociedade: o impacto do trabalho formal e informal sobre o expossomados trabalhadores com ênfase em metabolômica, transcriptômica e lipidômica

Descrição: A era "omics" voltada para a sociedade: o impacto do trabalho formal e informal sobre o expossoma dos trabalhadores com ênfase em metabolômica, transcriptômica e lipidômica.

Coordenador(a): Prof(a). Nilson Antonio de Assunção

A influência da toxina botulínica a no aspecto final das cicatrizes resultantes de excisão de lesões tumorais benignas do dorso: um estudo randomizado, duplo-cego e controlado

Descrição: Avaliação clinica e dos possíveis mecanismos de ação da toxina botulínica favorecendo a cicatrização de lesões tumorais benignas pequenas removidas no dorso, com aplicações logo após a sutura ou na retirada dos pontos.

Coordenador(a): Prof(a). Ediléia Bagatin

A Paulista vai para o C.E.U.

Descrição: O rápido crescimento da prevalência de sobrepeso e obesidade e as doenças crônicas associadas requerem a atenção para a promoção da saúde de pessoas, famílias e comunidades. Fatores sociais e influências ambientais com oferta excessiva de alimentos ultraprocessados e prontos para consumo têm sido apontados como os possíveis fatores de risco para o ganho de peso excessivo, cujas escolhas alimentares parecem ter influência com extensão além da escolha individual dos alimentos. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o hábito alimentar saudável deve ser desenvolvido durante a infância e adolescência para sua manutenção na vida adulta e consequentemente redução do risco de doenças. Nesta perspectiva, a escola torna-se um ambiente favorável para adoção e consolidação de hábitos alimentares saudáveis por meio de atividades de educação alimentar e nutricional.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Action (COVID)

Descrição: Abordagem do tratamento, entendimento do comprometimento de vários órgãos e estudo e em população pré-estabelecida.

Coordenador(a): Prof(a). Renato Delascio Lopes

Análise da abundância microbiana e composição da comunidade no Rio Pinheiros, visando o gene16S rRNA

Descrição: O Rio Pinheiros, em São Paulo, é um ecossistema que já está sobrecarregado de resíduos e seu estado é considerado criticamente insalubre. Atualmente intervenções políticas e públicas desenvolveram projetos de despoluição, que já apresentam melhorias gradativas na qualidade hídrica metropolitana, mas não foram capazes de fazer com que o rio mudasse de classe de acordo com a classificação do CONAMA 357. Um dos fatores mais importantes para restaurar a saúde do Rio Pinheiros é estudar e entender a composição e atividade da comunidade microbiana. Portanto, projetamos este estudo para caracterizar a composição e abundância da comunidade bacteriana em amostras do Rio Pinheiros por meio de sequenciamento de larga escala.

Coordenador(a): Prof(a). Sabri Saeed Mohammed Ahmed Al-Sanabani

Análise da expressão proteica dos receptores da família do fator de necrose tumoral nos leucócitos eno soro de pacientes com adenocarcinoma gástrico

Descrição: Avaliar a dosagem de ligantes solúveis coestimuladores da resposta imune da superfamília de proteínas TNF como biomarcadores de prognóstico no câncer gástrico. Analisar a relação entre os níveis de expressão dos ligantes solúveis coestimuladores da resposta imune da superfamília de proteínas TNF e a sobrevida global e sobrevida livre de doença no câncer gástrico. Analisar a relação da expressão de moléculas coestimuladoras da resposta imune da superfamília de proteínas TNF na superfície de leucócitos e a sobrevida global. Avaliar a expressão dos ligantes solúveis coestimuladores da resposta imune da superfamília de proteínas TNF como fator preditor de prognóstico no tratamento preconizado para câncer gástrico. Comparar os resultados encontrados entre os pacientes e controles, e de acordo com oestadiamento tumoral.

Coordenador(a): Prof(a). Nora Manoukian Forones

Análise farmacoeconômica das novas terapias anti-alk para câncer de pulmão não pequenas células

Descrição: O câncer de pulmão é o segundo mais comum em homens e mulheres no Brasil. No entanto, ele se tornou uma das principais causas de morte evitáveis. A taxa de sobrevida relativa em cinco anos para o câncer de pulmão é de 18%. O tratamento padrão da doença avançada é a quimioterapia baseada em platina que não supera 12 meses de sobrevida global (SG) mediana. A oncologia vem desenvolvendo novas terapias que prolongam a vida dos pacientes. As novas terapias são geralmente de custo elevado e, neste contexto, há poucos estudos de farmacoeconomia no Brasil, que analisam o custo-efetividade das terapias para o tratamento do câncer de pulmão não pequenas células, tendo em vista o prolongamento da vida dos pacientes e o custo para a saúde pública. Nesta perspectiva, este projeto tem objetivo geral realizar estudo de farmacoeconomia das novas terapias oncológicas (Pembrolizumabe, Alectinibe e Osimertinibe) no combate ao câncer de pulmão não pequenas células no Brasil, visando a análise de custo-efetividade dos medicamentos, tendo em vista o prolongamento da vida dos pacientes e os custos associados à saúde pública.

Coordenador(a): Prof(a). Ramon Andrade Bezerra de Mello

Aspectos clínicos, neuropsicológicos e sociais em idosos

Descrição: O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial. O cenário da população brasileira tem se modificado, pois, até então, tinhamos uma população predominantemente jovem e, com o declínio da fecundidade, o ritmo de crescimento anual do número de nascimentos entrou em decadência, o que fez com que se iniciasse um processo contínuo de estreitamente da base da pirâmide etária e, consequentemente, de envelhecimento da população. Com o avançar da idade, aumentam as chances de determinadas doenças, principalmente as crônico-degenerativas, como as demências. O estudo desta população pode abranger diversos aspectos: clínicos, neuropsicológicos, sociais, entre outros. Até o presente momento, estão inseridos nesta linha de pesquisa os seguintes estudos: 1) Comparação do estado nutricional, qualidade de vida e capacidade funcional entre idosos institucionalizados e não institucionalizados; 2) Delirium em uma amostra de idosos internados: fatores associados a sua ocorrência e mortalidade em até um ano após o episódio; 3) Prevenção de quedas em idosos em um setor de atendimento primário à saúde da cidade de Botucatu; 4) Conhecimentos e atitudes em demências por parte dos médicos generalistas da rede de atenção básica à saúde; 5) Estudo da variabilidade da frequência cardíaca nas demências; 6) Acurácia do Mini Exame do Estado Mental como teste de rastreio em idosos atendidos na rede básica de saúde; 7) Sofrimento psíquico e capacidade funcional em pacientes idosos em tratamento de radioterapia; 8) Psychotropic use among elderly: are there differences considering hospitalization causes between users and nonusers.

Coordenador(a): Prof(a). Alessandro Ferrari Jacinto

Associação entre desempenho muscular e nível de maturação sexual ou idade cronológica de jovens nadadores

Descrição: O objetivo do projeto é verificar e comparar a associação da idade cronológica e biológica com o desempenho muscular de jovens nadadores de 10 a 20 anos de idade.

Coordenador(a): Prof(a). Marilia dos Santos Andrade

Atividade psicossocial e qualidade de vida do pneumopata

Descrição: Atualmente, os pacientes com DPOC após alguma intervenção tem sido avaliados não só pelo seu estado metabólico mas também pela mudança que a doença acarreta na sua qualidade de vida. Temos traduzido e realizado adaptação cultural em questionários de qualidade de vida, correlacionando-os com atividades físicas e escalas de dispneia. Na área cognitiva desenvolvemos uma linha de pesquisa de educação para o paciente em que a pergunta básica é sobre qual é o melhor método de ensinar um paciente. No momento estamos muito interessados nos ajustes psicossociais do pneumopata a sua realidade.

Coordenador(a): Prof(a). José Roberto de Brito Jardim

Avaliação clínica e hormonal de pacientes submetidos à correção de hipospádia quando tratados com testosterona tópica o testosterona intramuscular

Descrição: Trata-se de pesquisa que pretende investigar os efeitos do uso de testosterona nos pacientes portadores de hipospádia, comparando o uso de testosterona tópica e por via intramuscular utilizando como critérios de avaliação os efeitos que a testosterona pode ter no crescimento dos órgãos genitais, em dose que pretende não prejudicar o crescimento ósseo.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Gonzaga de Freitas Filho

Avaliação clínica, histológica e molecular de pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico de hipospádia tratados com estrogênio tópico no período pré-operatório de hipospádia

Descrição: Trata-se de uma pesquisa envolvendo pacientes portadores de hipospádia e que no período pré-operatório serão submetidos ao tratamento com estrógeno aplicado sobre a pele dos órgão genitais.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Gonzaga de Freitas Filho

Avaliação da atividade angiogênica e anti-tumoral do secretoma de Aspergillus fumigatus

Descrição: A aspergilose invasiva (AI) é uma importante causa de morbidade e mortalidade em pacientes imunocomprometidos, e o Aspergillus fumigatus é a espécie mais prevalente isolada nos episódios de aspergilose. A angiogênese é uma importante resposta fisiológica à infecção por A. fumigatus em humanos, sendo bastante conhecida a característica vaso trópica das infecções sistêmicas por este agente. Ao atravessar a barreira alvéolo-capilar do hospedeiro, as hifas de A. fumigatus além de levarem à formação da lesão típica de aspergilose invasiva, o sinal do halo, são potentes indutores da angiogênese. Os fungos produzem uma ampla variedade de metabólitos secundários e moléculas de interesse biotecnológico e farmacêutico. Neste contexto, moléculas moduladoras da angiogênese têm sido alvo de grande interesse pelo seu potencial na terapêutica de doenças degenerativas e câncer. O objetivo do presente estudo é investigar o secretoma de A. fumigatus em busca de metabólitos secundários e glicoconjugados que possuam atividade na modulação da angiogênese e do câncer. Além disso, a avaliação da atividade angiogênica dos principais antifúngicos utilizados na prática clínica será realizada, pois existem estudos preliminares indicando o potencial anti-angiogênico destes fármacos. A modulação da angiogênese por moléculas isoladas do secretoma ou por antifúngicos será investigada "in vitro" utilizando-se células endoteliais em ensaios de migração, formação de estruturas do tipo capilar em cultura, viabilidade e proliferação celular. As moléculas com atividade angiogênica serão testadas "in vivo" em modelos de "plug" de Matrigel em camundongos. As moléculas isoladas também serão testadas quanto à atividade anti-tumoral em células de adenocarcinoma de pulmão A549 em ensaios de citotoxicidade, morte celular, proliferação e invasão. Este projeto possui caráter inovador e procura identificar novas moléculas com atividade na modulação da angiogênese e do câncer, e também visa compreender a dinâmica da angiogênese estabelecida durante a patogênese e o tratamento de infecções fúngicas invasivas. O conhecimento gerado poderá auxiliar no tratamento de AI e também na identificação de novas moléculas para tratamento de doenças que envolvam angiogênese.

Coordenador(a): Prof(a). Arnaldo Lopes Colombo

Avaliação da atividade antiparasitária e da citotoxicidade de derivados de produtos naturais em Trypanosoma cruzi: planejamento e síntese de análogos potencialmente superiores

Descrição: A Tripanosomíase Americana, também conhecida como Doença de Chagas, é uma das parasitoses presente na lista da Organização Mundial da Saúde (OMS) de doenças tropicais negligenciadas. Dados da OMS indicam que aproximadamente 8 milhões de pessoas estejam infectadas pelo parasita, principalmente na América Latina onde prevalece. Não existe uma vacina para prevenir a infecção e o tratamento da Doença de Chagas atualmente conta com duas opções de fármacos nitroheterocíclicos, benznidazol e nifurtimox, que geralmente não levam a cura do paciente crônico. A busca de moléculas bioativas na natureza já levou ao mercado diversos fármacos e muitos produtos naturais apresentam atividade anti-parasitária promissora. Derivados de produtos naturais têm sido escolhidos pelo nosso grupo como protótipos para o planejamento de novos análogos, sendo que o grupo já sintetizou e avaliou aatividade biológica de 24 compostos e vem estudando a relação estrutura-atividade entre eles, sendo observado um aumento na potência e seletividade dos compostos. Para dar continuidade ao objetivo proposto, este projeto apresenta novos análogos, planejados nas estruturas dos compostos mais ativos e seletivos da série anterior e em outros produtos naturais, buscando melhorar a atividade biológica, reduzir a citotoxicidade e aumentar a hidrossolubilidade, mantendo o esqueleto dos produtos naturais na estrutura (anel aromático substituído e cadeia lateral funcionalizada). Além disso, é proposta a avaliação da alteração da permeabilidade membrana plasmática, uma vez que os análogos obtidos até o momento não demonstraram esse potencial, sugerindo um mecanismo de ação diferente do proposto para os produtos naturais protótipos. Com os dados obtidos, pretende-se elucidar as relações estrutura-atividade dessas moléculas de forma quali e/ou quantitativa, e quiçá encontrar um promissor candidato a novo fármaco para o tratamento da Doença de Chagas.

Coordenador(a): Prof(a). João Paulo dos Santos Fernandes

Avaliação da expressão de Nectina-4, Trop-2 e PDL1 no carcinoma urotelial e suas variantes histológicas

Descrição: O câncer urotelial avançado é uma doença com prognóstico reservado e até recentemente, o tratamento padrão era quimioterapia paliativa baseado em platina, mas com baixas taxas de resposta e sobrevida global mediana em torno de 14 a 15 meses. Nos últimos anos, houve uma importante mudança no manejo dos pacientes com a chegada dos inibidores do checkpoint imune no cenário platino-resistente e mais recentemente novas drogas com alvos terapêuticos específicos foram apresentadas com resultados promissores. Com o advento de novas terapias e na ausência de estudos prospectivos comparando as novas drogas, é de extrema importância que sejam identificados possíveis biomarcadores para direcionamento terapêutico. Esse estudo tem o objetivo de realizar a caracterização epidemiológica e avaliar o potencial impacto prognóstico da expressão de PDL1, nectina-4 e trop-2 no câncer urotelial musculo-invasivo e metastático em pacientes tratados no Hospital São Paulo/UNIFESP.

Coordenador(a): Prof(a). Ramon Andrade Bezerra de Mello

Avaliação da qualidade do sono e sua relação com a qualidade de vida, saúde mental e desempenho acadêmico de estudantes universitários

Descrição: Avaliar a qualidade do sono e sua relação com a qualidade de vida, estado emocional, características sociodemográficas e acadêmicas de estudantes universitários.

Coordenador(a): Prof(a). Luciane Bizari Coin de Carvalho

Avaliação da variação da ventilação, aeração e impedância pulmonar em pacientes submetidos a bloqueio do plexo braquial via interescalenica

Descrição: Avaliação da aeração e ventilação pulmonar mediante variação de impedância do tecido pulmonar através da utilização de tomógrafo de impedância elétrica em pacientes submetidos a bloqueio do plexo braquial, via interescalênica, guiado por ultrassom para realização de cirurgias de ombro.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Fernando dos Reis Falcão

Avaliação das micoses superficiais nos pacientes com nefrite lúpica (lupus eritematoso sistêmico)

Descrição: Trata-se de um estudo prospectivo numa população submetida à intensa corticoterapia sistêmica, pacientes com nefrite lúpica, comparando-se aos indivíduos imunocompetentes e receptores de transplante renal por nefrite. Esses pacientes apresentam com grande frequência micoses superficiais, principalmente na forma de tinha do pé ou onicomicose. As lesões podem resultar em complicações como infecções bacterianas secundárias. O projeto contempla a caracterização epidemiológica, clínica, além da identificação fenotípica e genotípica do fungo causador da micose superficial.

Coordenador(a): Prof(a). Jane Tomimori

Avaliação das variáveis de perfusão e de microcirculação na capacidade de predizer mortalidade em pacientes de terapia intensiva

Descrição: Trata-se da analise de microcirculação em pacientes críticos.

Coordenador(a): Prof(a). Flávia Ribeiro Machado

Avaliação de microRNAs em pacientes diabéticos tipo 2 suplementados com suco de açaí

Descrição: Diabetes mellitus (DM) é uma das maiores causas de morte, relacionada com vários fatores genéticos e ambientais. O DM é uma doença crônica e inflamatória, caracterizada pela hiperglicemia, sendo classificado em DM1 e DM2 (secreção inadequada da insulina e resistência à ação deste hormônio, respectivamente), ambas prejudicam a função de vários órgãos, entre eles o rim, resultando na nefropatia diabética (ND). O açaí é uma fruta, originária da Amazônia, rica em nutrientes como lipídios, proteínas, fibras, vitaminas, minerais e não nutrientes (compostos fenólicos e não fenólicos) com ação antioxidante. Estudo recente realizado por nosso grupo mostrou que o açaí reduziu marcadores inflamatórios como iNOS, NF-kB e TNF-α em células mesangiais cultivadas em meio com alta glicose, sugerindo modulação inflamatória via sistema antioxidante Nrf2, nesse modelo de diabetes. Os microRNAs (miRNAs) são pequenos RNAs não codificantes, importantes na regulação e expressão gênica de proteínas, bem como modulam a resposta inflamatória e, assim contribuir para a patogênese do DM. O objetivo do projeto em tela é analisar o perfil de expressão de miRNAs plasmáticos em pacientes diabéticos suplementados com suco de açaí. Os pacientes com DM2 serão recrutados nos ambulatórios da UNIFESP, serão coletadas informações sobre dieta, dados antropométricos, composição corporal, amostras de sangue para análises de glicemia, insulina, ureia e creatinina e expressão de miRNAs no plasma (-21, -29a, -126, -146a e -155) pré e pós intervenção com suco de açaí, suplementado por 4 semanas consecutivas. Para significância estatística será considerado p<0,05.

Coordenador(a): Prof(a). Elisa Mieko Suemitsu Higa

Avaliação do perfil de expressão dos coinibidores da resposta imune celular na progressão tumoral do câncer gástrico

Descrição: Considerando a elevada incidência e mortalidade do câncer gástrico, como também os dados da OMS que alertam que 70% dos casos ocorreram em países em desenvolvimento, desenhamos um estudo que objetiva avaliar alguns mecanismos biológicos que permita influenciar na melhoria dos critérios prognósticos e até servir de base para estudos futuros que tornem a decisão terapêutica menos empírica e mais personalizada. A análise da expressão de receptores da superfamília do TNF de pacientes com CG pode contribuir para ampliar o conhecimento científico sobre os mecanismos da resposta imune nessa neoplasia. Nota-se na literatura uma escassez de estudos avaliando a expressão dos coinibidores da superfamília doTNF e sua correlação com o CG. Portanto, é importante caracterizar o perfil de expressão dos coinibidores pertencentes à superfamília do TNF em pacientes com câncer gástrico, através da quantificação dos seus níveis séricos, afim de avaliar a relação dessas proteínas com o prognóstico do câncer gástrico. O entendimento da relação da expressão dos coinibidores com a progressão do CG também poderá contribuir para o desenvolvimento de novos alvos terapêuticos.

Coordenador(a): Prof(a). Nora Manoukian Forones

Avaliação do perfil de mediadores inflamatórios relacionados a ativação plaquetária no câncer gástrico

Descrição: Avaliar a expressão dos mediadores solúveis CD40L, CD44s e do CD62p no sangue de pacientes com câncer gástrico; Avaliar os níveis de CD44s no plasma de pacientes com câncer gástrico e comparar com o grupo controle; Avaliar os níveis de ativação plaquetária (CD40L e CD62p) no sangue de pacientes com câncer gástrico e comparar com o grupo controle; Associar os níveis de moléculas de ativação plaquetária (CD40L e CD62p) e do CD44s com o estágio clínico e prognóstico da doença.

Coordenador(a): Prof(a). Nora Manoukian Forones

Avaliação do sono e da qualidade de vida nas doenças dermatológicas

Descrição: A privação do sono interfere em diversos mecanismos da resposta imunológica. Desta forma, dermatoses, cuja fisiopatologia envolve importantes componentes da resposta imune poderiam sofrer a sua influência. Citamos as doenças autoimunes como o vitiligo, alopecia areata, tireoidite de Hashimoto, colagenoses; doenças autoinflamatórias como a hidradenite, retocolite ulcerativa, pioderma gangrenoso; doenças neoplásicas como os linfomas, cânceres da pele, além de doenças infecto contagiosas. Algumas dermatoses por afetar muito a qualidade de vida, como eczema de contato, dermatite atópica, psoríase, epidermólise bolhosa, hemangiomas podem afetar a qualidade do sono. Desta forma, este projeto envolvendo algumas doenças dermatológicas, pretende por meio de revisão bibliográfica propor algumas hipóteses para explicar como o sono poderia afetar a resposta imune das dermatoses e utilizando-se de questionários de qualidade de sono e vida, demonstrar se existe ou não reflexo do sono na piora das dermatoses.

Coordenador(a): Prof(a). Jane Tomimori

Avaliacão dos bloqueios de nervo peitoral I e II para cirurgias de mamoplastia de aumento. Estudo prospectivo, randomizado e duplo cego

Descrição: Atualmente, a cirurgia para aumento das mamas ocupa lugar de destaque dentro da cirurgia plástica. O suprimento nervoso das estruturas anatômicas envolvidas nas cirurgias de mama são pouco estudadas no que diz respeito à analgesia perioperatória. O bloqueio peridural torácico e o paravertebral se tornaram a técnica padrão ouro para esse objetivo, entretanto muitos anestesistas não se sentem confortáveis em realiza-las devido o potencial de complicação. Uma alternativa à técnica peridural torácica e à paravertebral são os bloqueios Peitorais I (PEC I) e II (PEC II). O PEC I tem objetivo de depositar o anestésico local no plano interfacial entre o músculos peitorais maior e o menor. Este bloqueio é definido como fácil, confiável e superficial. O bloqueio peitoral modificado ou bloqueio peitoral tipo II (PEC II), visa o bloqueio da axila e dos nervos intercostais que são necessários para a dissecção axilar de linfonodos e excisões mais amplas, tumorectomia, exérese de linfonodo sentinela e muitos tipos de mastectomias. A técnica consiste em duas abordagens ao invés de uma única punção. A primeira punção é a realização do PEC I com injeçãode 10 ml de anestésico local entre os músculos peitorais, enquanto a segunda punção consiste na injeção de 20ml de anestésico local entre o músculo peitoral menor e o músculo serrátil. Com base nestes dados, nossa hipótese é que pacientes submetidas a mamoplastia de aumento subpeitoral podem se beneficiar dos bloqueios de nervo peitoral, sem as complicações de bloqueios mais invasivos como a peridural torácica e o paravertebral. Desta forma, nosso objetivo é demonstrar que as pacientes submetidas aos bloqueios de nervo peitoral associado à anestesia geral apresentam analgesia pós-operatória satisfatória com redução do consumo de analgésicos opióides.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Fernando dos Reis Falcão

Avaliação dos fatores que impactam o aprendizado dos alunos na sala de aula

Descrição: As situações vivenciadas em ambiente escolar envolvendo o processo de ensino aprendizagem impactam significativamente o processo de aprendizado. Este projeto pretende incentivar discussões sobre os problemas de aprendizagem escolar. Para tanto estamos desenvolvendo os seguintes estudos: 1. Correlações entre relatos de queixas de dificuldades e desempenho escolar de crianças e adolescentes com sinais de desatenção e hiperatividade/impulsividade. Considerando o que vivenciamos em ambiente educacional, com relação às dificuldades de aprendizagem, falta de concentração e problemas de comportamento, decidimos como tema para esse estudo o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH e seus impactos na aprendizagem de crianças e adolescentes matriculados em escola pública ou privada. Para tanto utilizamos prontuários do Protocolo interdisciplinar de avaliação neuropsicológica, comportamental e clínica para crianças e adolescentes com queixas de desatenção e hiperatividade ligado ao Programa de Pós-Graduação de Distúrbios do Desenvolvimento da Universidade Presbiteriana Mackenzie. O objetivo do estudo é descrever as principais queixas dos professores e pais em relação às dificuldades de aprendizagem em crianças com queixas de TDAH. 2. Avaliação da qualidade devida de alunos do ensino de jovens e adultos (EJA). A Educação de Jovens e Adultos (EJA) é destinada aqueles que não tiveram acesso à escola ou tiveram de forma insuficiente ou não formalizaram seus estudos na época adequada e, portanto, é de grande importância para o Brasil. Os alunos são de perfil heterogêneo e com grande motivação para aprender, resultando em grandes mudanças na vida cotidiana. O processo do desenvolvimento dos alunos depende de fatores, tais como circunstâncias culturais, históricas e sociais esuas experiências de vida. Portanto, o desenvolvimento dos alunos que retomam seus estudos depois de muito tempo longe do ambiente escolar não pode ser avaliado somente pelo rigor metodológico e pedagógico, mas também por mudanças na vida cotidiana e, consequentemente, por melhoras na qualidade de vida. A nossa hipótese é a de que a retomada dos estudos na vida adulta por meio do ingresso no EJA tem efeito positivo não apenas no aspecto cognitivo, mas também de forma mais ampla na qualidade de vida dos alunos. Assim, o objetivo do nosso estudo é avaliar o impacto que o ingresso na EJA tem na qualidade de vida de seus alunos.

Coordenador(a): Prof(a). Miriam Oliveira Ribeiro

Baixo Peso ao Nascer e o Risco Cardiovascular: Avaliação do Papel da Senescência das Células Progenitoras Endoteliais em Crianças de 6 a 12 anos

Descrição: O baixo peso ao nascer (BPN) é considerado como um importante fator de risco independente para doenças cardiovasculares e têm sido associados à hipertensão como resultado de alteração na célula. A disfunção endotelial, pelo menos em parte, pode ser mediada por alterações nas células progenitoras endoteliais (EPCs) circulantes. Foram observadas algumas alterações nas CPEs em gestantes e recém-nascidos com histórico de BPN, como por exemplo, a diminuição no número e na capacidade de formação de novas colônias e a perda de função dessas células devido a um aumento em sua senescência. A senescência não está associada apenas à disfunção endotelial, mas também prejudica a angiogênese o que estabelece novos fundamentos para a compreensão do aumento do risco cardiovascular em indivíduos nascidos com baixo peso e fornece perspectivas abertas para a estratégia terapêutica.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Caracterização dos mecanismos envolvidos nos fenótipos de resistência às polimixinas em isolados clínicos de Acinetobacter baumannii

Descrição: A. baumannii é um patógeno oportunista responsável por uma variedade de infecções, como as do trato respiratório e de corrente sanguínea no ambiente hospitalar e atinge principalmente pacientes hospitalizados em unidades de terapia intensiva (UTI). Devido ao fenótipo de multirresistência apresentado por esses isolados, os carbapenens representam os antimicrobianos de escolha para o tratamento. No entanto, desde o início da década de 90, surtos causados por isolados de A. baumannii resistentes aos carbapenems tem sido descritos com frequência cada vez maior. Atualmente, as taxas de infecção causada por bactérias Gram negativas resistentes à maioria dos antimicrobianos utilizados comumente na clínica tem aumentado com grande rapidez, restringindo cada vez mais as opções terapêuticas. Associado a esse fato, a indústria farmacêutica não tem produzido novos antimicrobianos contra infecções por bacilos Gramnegativos. Dessa forma, as polimixinas foram novamente introduzidas na prática clínica, em alguns casos, como a última opção terapêutica ainda efetiva. A resistência às polimixinas ainda é rara entre microrganismos não fermentadores, como Acinetobacter spp. e P. aeruginosa, mas já vem sendo descrita nos últimos anos com grande frequência em isolados de enterobactérias. O mecanismo de resistência às polimixinas não está completamente elucidado até o momento. Dessa forma, este estudo tem por objetivo realizar a análise comparativa entre os transcriptomas de isolados clínicos de A. baumannii sensíveis e resistentes à polimixina B. Os isolados serão submetidos à indução de resistência à polimixina B por meio da exposição ao agente antimicrobiano. Será realizado o perfil de resistência aos antimicrobianos dos isolados e determinados os seus transcriptomas para realizar a análise comparativa antes e após a indução de resistência à polimixina B. Os resultados do transcriptoma serão confirmados, se necessário, por meio de PCR em tempo real. Os isolados clínicos e seus mutantes.

Coordenador(a): Prof(a). Ana Cristina Gales

Caracterização metabólica e inflamatória do tecido adiposo da região perivascular mesentérica, em ratos com baixo peso ao nascer, induzido por restrição alimentar materna

Descrição: Tem sido extensamente demonstrado que fatores ambientais adversos no período pré-natal causam modificações no padrão normal de crescimento e desenvolvimento do feto, levando a um fenótipo, na vida adulta, mais susceptível a doenças, como hipertensão, intolerância a glicose, resistência insulínica, hiperlipidemia, hiperinsulinemia e obesidade. De fato, a falha no suprimento materno-placental em satisfazer as necessidades nutricionais do feto acarreta uma série de adaptações fetais, e podem induzir mudanças permanentes na estrutura corpórea e no metabolismo. Embora estas adaptações sejam benéficas a curto prazo, as mudanças permanentes por elas causadas levam a doenças cardiovasculares e metabólicas na vida adulta. Em trabalhos anteriores, nosso grupo demonstrou que a desnutrição intrauterina global acarretou, em ratos Wistar, hipocelularidade na medula óssea e no sangue periférico. Além disso, a redução na expressão de moléculas de adesão, de elementos na matriz extracelular e na geração de mediadores inflamatórios, causou redução na migração de leucócitos nestes animais. Também observamos aumento nos níveis de corticosterona basal e falha em aumentar os níveis de leptina após estímulo inflamatório. Desta forma, mudanças permanentes na regulação homeostática dos sistemas poderiam levar a um aumento no risco de doenças, especialmente quando estes são colocados sob estresse após o nascimento, em decorrência de fatores de risco adicionais, tais como envelhecimento e obesidade. Existe uma forte correlação positiva entre a quantidade de tecido adiposo e os níveis de leptina circulante, além disso, durante períodos de jejum ou restrição alimentar, a correlação entre os níveis de leptina e tecido adiposo aparentemente são perdidas. Observa-se uma relação entre a atividade do eixo HPA e os níveis de leptina circulantes, demonstrando que os prováveis efeitos da leptina no sistema imune sejam devido a um efeito direto e também indireto, modulado pelos níveis de glicocorticoides circulantes. O aumento ou diminuição da adiposidade corporal ocorre por alteração no balanço entre os processos de armazenamento e disponibilização de energia em forma de triacilglicerois (lipogênese e lipólise). Ainda, um desequilíbrio no turnover celular, balanço entre os fenômenos de adipogênese e apoptose pode ser correlacionado com ganho ou perda de massa gorda e estar ou não acompanhados de resistência à insulina e inflamação. Alterações metabólicas relacionadas ao baixo peso ao nascer ainda são pouco exploradas na literatura. Considerando que a restrição nutricional global (50%) causa baixo peso ao nascer e pode promover aumento de adiposidade na prole adulta, propomos realizar a caracterização metabólica e inflamatória dos adipócitos da região perivascular mesentérica. Este estudo pode contribuir para uma maior compreensão do desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, além da obesidade, em indivíduos com baixo peso ao nascer.

Coordenador(a): Prof(a). Richardt Gama Landgraf

Colonização por Enterobactérias Resistentes aos Antimicrobianos: Elas representam um risco à saúde humana?

Descrição: Infecções causadas por patógenos multirresistentes, principalmente os provenientes de ambiente hospitalar vem se tornando motivo de preocupação mundial. A produção de β-lactamases de espectro ampliado (ESBL), carbapenemases, principalmente a do tipo KPC e a resistência à fluoroquinolonassão consideradas importantes mecanismos de resistência pois limitam as opções antimicrobianas disponíveis para tratamento. Infecções que antes eram restritas ao ambiente hospitalar, como aquelas causadas por S. aureus resistentes à oxacilina (ORSA), agora estão presentes na comunidade. De modo geral, acredita-se que bactérias isoladas de infecções comunitárias são distintas daquelas observadas como agente etiológico de infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS). Porém, existe um grande intercâmbio de pacientes entre os ambientes de serviços de saúde e a comunidade. Desta forma, este estudo tem como objetivo avaliar a colonização intestinal por enterobactérias resistentes às cefalosporinas, às quinolonas e/ou carbapenêmicos em indivíduos saudáveis, e compará-las àquelas obtidas de pacientes hospitalizados. Durante o período do estudo serão coletadas consecutivamente um número aproximado de 384 amostras de fezes provenientes de pacientes atendidos nas unidades básicas de saúde, que concordarem em participar da pesquisa e assinarem o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), e todas as amostras de enterobactérias isoladas em sangue e urina de pacientes hospitalizados. Questionários epidemiológicos específicos serão preenchidos. Posteriormente, estas mesmas amostras serão enviadas ao Laboratório Alerta - UNIFESP, as quais serão repicadas em meios de cultura específicos acrescidos de antimicrobianos, a fim de se selecionar os isolados resistentes. Após esta triagem inicial, serão incluídas nos testes posteriores apenas isolados bacterianos resistentes às cefalosporinas, quinolonas e aos carbapenêmicos. A identificação bacteriana do isolados previamente selecionados será realizada por MALDI-TOF. O perfil de sensibilidade dos isolados codificadores dos genes de resistência investigados será determinado pela técnica de ágar diluição. Os genes codificadores de ESBL (blaCTX-M-1/2-like, blaCTX-M-8-like, blaCTX-M-14-like, blaTEM, blaSHV e blaGES), cabarpenemases (blaKPC, blaIMP, blaGES, blaBKC, blaNDM e blaOXA-48), além da resistência à quinolonas (mutações em gyrA e parC, presença dos genes qnr e aac(6´)-Ib-cr) serão investigados pela técnica PCR seguidos de sequenciamento. A similaridade genética entre os isolados bacterianos pertencentes à mesma espécie será investigada pela técnica de PFGE. Adicionalmente, os perfis clonais obtidos serão comparados com os isolados provenientes de origem hospitalar. Assim, pretendemos contribuir para esclarecer o impacto que a colonização por enterobactérias resistentes pode representar na aquisição de infecções graves que necessitem de internação hospitalar.

Coordenador(a): Prof(a). Ana Cristina Gales

Comparação dos efeitos hemodinâmicos da infusão de cristalóides de forma rápida versus lenta em pacientes críticos

Descrição: Trata-se de subestudo do estudo BASICS, RCT comparado soro fisiológico com solução balanceada e diferentes velocidades de infusão.

Coordenador(a): Prof(a). Flávia Ribeiro Machado

Composição e diversidade da comunidade bacteriana no reservatório de Billings através do sequenciamento de nova geração do gene 16S rRNA

Descrição: O principal foco desse projeto é, assim, caracterizar a diversidade microbiana e determinar o padrão de variação espaciotemporal na comunidade microbiana do reservatório Billings. Acreditamos que este trabalho irá fornecer suporte para futuros desenvolvimentos no monitoramento da qualidade da água, ambos diretamente dos dados das sequencias geradas, que poderiam ser usados para identificar biomarcadores de seqüência de DNA, indicando condições de qualidade e, indiretamente, fornecendo o desenvolvimento de futuros estudos de qualidade da água.

Coordenador(a): Prof(a). Sabri Saeed Mohammed Ahmed Al-Sanabani

Contribuição Tônica do Quimiorreflexo Periférico no Controle Vagal do Coração em Repouso e na Recuperação do Exercício em Pacientes com Insuficiência Cardíaca Crônica

Descrição: A insuficiência cardíaca crônica (ICC) é uma doença de alta prevalência e prognóstico desfavorável. Esta cursa com disfunção autonômica, caracterizada pela redução da atividade parassimpática e aumento da atividade simpática para o sistema cardiovascular. Um dos mecanismos que contribui para a disfunção autonômica na ICC é o aumento da sensibilidade quimiorreflexa periférica à hipóxia. Contudo, permanece incerta a contribuição tônica deste reflexo em normóxia, principalmente no que diz respeito ao controle vagal cardíaco, o que, portanto, será o foco de investigação deste projeto. Nossa hipótese é que quimiorreflexo periférico compromete o controle vagal do coração em repouso na ICC, não apenas quando este reflexo é estimulado por hipóxia, mas também tonicamente em normóxia. Tal comprometimento pode ser mais evidente durante a recuperação de um exercício físico, pelo fato do quimiorreflexo periférico ser potencializado pela acidose metabólica, entre outros mecanismos relacionados com o exercício. Portanto, o quimiorreflexo periférico pode apresentar contribuição ainda mais importante para a disfunção autonômica da ICC em repouso e no período pós-exercício em comparação com o que é conhecido até o momento. Para testar esta hipótese, serão recrutados tanto pacientes com sensibilidade quimiorreflexa elevada e como com sensibilidade normal, que serão expostos randomicamente à hiperóxia (inibição do tônus quimiorreflexo) e normóxia (controle) durante a avaliação do controle vagal cardíaco por métodos validados farmacologicamente, reprodutíveis e com forte poder prognóstico para arritmias e mortena ICC. Caso nossa hipótese seja confirmada, os resultados demonstrarão a necessidade de intervenções inovadoras para o tratamento da ICC, que visem atenuar o tônus quimiorreflexo e, portanto, melhorem o prognóstico desfavorável da ICC.

Coordenador(a): Prof(a). Bruno Moreira Silva

Convênio CREN - UNIFESP: Pesquisa, Ensino e Assistência à Comunidades Vulneráveis com Distúrbios Nutricionais

Descrição: Convênio entre o Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN) e a Universidade Federal de São Paulo (CREN-UNIFESP) que estabelece parceria para atividades de atendimento aos agravos nutricionais das comunidades vulneráveis atendidas nas unidades do CREN de Vila Mariana e Vila Jacuí. Participam do projeto estudantes de pós-graduação e graduação, em integração com a equipe de assistência. Este projeto deu origem a oito encontros denominados Integração Serviço-Pesquisa-Políticas Públicas.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Correlação entre os perfis metabolômico, lipidômico e proteômico e o tamanho da deleção 5p de portadores da Síndrome de Cri-Du-Chat

Descrição: A síndrome de Cri-du-chat (SCDC) (OMIM #123450) é uma doença genética rara na qual há uma deleção de uma parte do braço curto do cromossomo 5. A estimativa é de que esta síndrome afete de 1/15.000 a 1/50.000 crianças nascidas no mundo. Uma das principais característica são que todos nascimentos apresentam microcefalia. Outra é uma grande incidência, o dobro da população com problemas cardíacos. O objetivo do trabalho é avaliar o perfil proteômico, metabolômicas e lipidômica de amostras de plasma e urina de pacientes com síndrome de Cri-du-chat e comparar com perfil de indivíduos saudáveis (familiares). Outro objetivo é avaliar portadores de SCDC que possuem problemas cardíacos e os que não possuem o problema. Mediante estas informações iremos estabelecer uma relação entre o tamanho da deleção no cromossomos 5, "omicas" dos pacientes bem como as diferenças do perfil "omico" funcional, buscando uma correlação entre esses parâmetros. As amostras de sangue e urina dos pacientes com diagnostico clínico de SCDC serão obtidas, após a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido devidamente aprovado pelo comitê de ética da UNIFESP. A determinação da extensão das deleções e melhor estabelecimento do conteúdo de genes em desequilíbrio, será realizada pelo estudo com array-CGH (array baseado em hibridação genômica comparativa). Para a análise proteômica, as amostras serão tratadas, e em seguida analisadas por um ESI-nanoLC/MS/MS. Assim, buscaremos um entendimento mais profundo do processo patológico (proteômica/genético/deficiência intelectual), podendo conduzir a biomarcadores que podem ser úteis no diagnóstico/prognóstico, tendo assim uma melhora do tratamento, através de novas abordagens terapêuticas.

Coordenador(a): Prof(a). Nilson Antonio de Assunção

Cosméticos e saúde pública: avaliação neurossensorial da autoestima em mulheres após utilização de maquiagem

Descrição: O aumento de autoestima pode interferir positivamente no bem-estar, que por sua vez é benéfico à saúde. O propósito deste trabalho será avaliar, utilizando o Teste do Espelho (Mirror Test) e o Eye Tracking,(realizado pelo aluno de IC) além de análises bioquímicas e neurosensoriais (aluno de doutorado e de mestrado), o impacto da maquiagem de uso regular na autoestima das mulheres, de forma a gerar indicadores que possam reforçar os indícios existentes no aumento da autoestima e por consequência, no bem-estar e também estimular o aprofundamento de estudos sobre o tema.

Coordenador(a): Prof(a). Vânia Rodrigues Leite e Silva

Cuidados pessoais por meio do uso regular de cosméticos como vetor de melhoras dos sintomas depressivos

Descrição: Entendendo que o uso de cosméticos é capaz de aprimorar a autoimagem, o propósito deste trabalho será avaliar, utilizando questionários padronizados e a neurociência, o impacto do uso de maquiagem de uso regular em sintomas depressivos leves, de forma a gerar indicadores objetivos que possam reforçar os indícios existente no aumento da autoestima e por consequência, no bem-estar e estimular o aprofundamento de estudos sobre o tema.

Coordenador(a): Prof(a). Vânia Rodrigues Leite e Silva

Dano Vascular e o Excesso de Peso na Infância: Quantificação dos Níveis Circulantes de MPEs de Origem Apoptóticas e o Estabelecimento das Associações Com Parâmetros Antropométricos e Pressóricos

Descrição: A obesidade infantil é hoje uma importante questão de saúde pública. Possui alta prevalência em nosso meio e com grande possibilidade de desfechos cardiovasculares desfavoráveis durante a vida adulta. Diversos estudos clínicos têm demonstrando consistentemente que o excesso de peso durante a infância pode contribuir para o desenvolvimento tardio de doenças cardiovasculares. Embora os fatores envolvidos neste efeito ainda não se encontrem totalmente elucidados, estudos na literatura já demonstraram correlação entre valores elevados de IMC com elevação dos níveis pressóricos, redução na complacência vascular e alteração da capacidade moduladora da célula endotelial. Nos últimos anos há uma busca por biomarcadores de lesão vascular e as micropartículas endoteliais surgem como possíveis candidatas. Este estudo visa quantificar a população de micropartículas endoteliais purificadas do plasma de crianças com idade entre 6 e 12 anos e correlacionar esse achado com parâmetros antropométricos e níveis pressóricos. O tema do presente projeto é atual e de grande relevância, considerando-se a prevalência crescente de excesso de peso na população pediátrica e devido ao fato de que essas crianças estão sendo expostas precocemente à elevação dos níveis pressóricos e a outras doenças vasculares assintomáticas e de efeitos devastadores.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

DEK e fosfo-P38 em tecidos tumorais de câncer de reto pré e pós o tratamento neoadjuvante

Descrição: O câncer colorretal (CCR), é o terceiro câncer mais comum em homens e o segundo em mulheres em todo o mundo. Dentre os tipos que ocorrem com maior frequência, o câncer de reto representa entre 27% e 58% de todos os casos de CCR. O proto-oncogene DEK está envolvido em vários processos nucleares fundamentais, e inúmeros estudos comprovam que este gene, pode acelerar a tumorigênese e a progressão neoplásica devido à interferência com a divisão celular, apoptose, senescência e inibição da diferenciação celular. Além disso a expressão da proteína DEK vem sendo associada com a resposta à terapia neoadjuvante no adenocarcinoma retal revelando um alto valor preditivo deste biomarcador na resposta patológica completa à quimiorradioterapia. Outra associação direta que vêm sendo estudada é a superexpressão de DEK ao fator pró-apoptótico P38. Objetivo: Avaliar a imunoexpressão das proteínas DEK e fosfo-P38 pré e pós quimio e radioterapia neoadjuvante em pacientes com adenocarcinoma de reto médio e baixo, e correlacionar a expressão destes marcadores com a resposta terapêutica, prognóstico e sobrevida de paciente.

Coordenador(a): Prof(a). Nora Manoukian Forones

Desenvolvimento de formulação sólida contendo pré e pós bióticos nanoestruturados para controle da microbiota e proteção cutânea

Descrição: Projeto EMBRAPII - Acordo de parceria envolvendo as empresas Shanghai Pechoin Biotech Co. Ltd. e Solabia Biotecnológica Ltda onde sistemas nanoestrurados compostos por pré e pós-bióticos e agentes com potencial ação virucida, serão desenvolvidos e testados com a finalidade de restabelecer o balanço no ecossistema da pele e prevenir contra o COVID-19.

Coordenador(a): Prof(a). Vânia Rodrigues Leite e Silva

Desenvolvimento de uma Bomba de Infusão de Insulina de Baixo Custo

Descrição: Programas de Inovação Tecnológica / PIPE - Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas / PIPE - Fase 2 Direta - 4º Ciclo/2018. PIPE/FAPESP - Processo 2018/22094-0.

Coordenador(a): Prof(a). Tatiana de Sousa da Cunha Uchiyama

Detecção do poliomavirus no carcinoma de células escamosas oral e leucoplasia oral

Descrição: Trata-se de um estudo retrospectivo com acesso a Biobanco. Serão aplicadas técnicas moleculares de sequenciamento para a detecção e tipagem de poliomavirus, assim como papilomavírus humano. Serão incluidos pacientes com diagnóstico histopatológico confirmado para carcinoma de células escamosas oral e leucoplasia oral.

Coordenador(a): Prof(a). Jane Tomimori

Diferença do desempenho muscular, composição corporal e nível de aptidão cardiorrespiratória entre corredores de rua e homens não ativos, em cada década de vida, dos 20 até 80 anos

Descrição: A sarcopenia, caracterizada pela perda de força e de massa muscular, o aumento da massa gorda e o prejuízo de nível de aptidão cardiorrespiratória são adaptações fisiológicas inerente ao envelhecimento do ser humano, que estão associadas ao aumento da incidência de doenças crônicas não transmissíveis e à limitação física. Neste contexto, diversas estratégias de tratamento e prevenção desta situação vem sendo desenvolvidas. Além de diversas tentativas de tratamento farmacológico, a atividade física vem sendo bastante estudada e recomendada. A prática de corrida de rua destaca-se como uma atividade que apresenta significativo aumento do número de participantes em todas as faixas etárias, principalmente após a década de 70. Apesar dos efeitos fisiológicos da corrida serem largamente suportados pela literatura, não se sabe os efeitos da corrida na composição corporal, massa e força muscular e no nível de aptidão cardiorrespiratório em cada década de vida. É possível que os benefícios da corrida tenham impacto diferente nos sistemas muscular e cardiopulmonar nas diferentes décadas da vida. O objetivo do presente estudo será avaliar e comparar a composição corporal, o desempenho muscular e funcional, qualidade de vida e o nível de aptidão cardiorrespiratório de homens corredores de rua de 20 até 80 anos, com indivíduos da mesma faixa etária, mas fisicamente inativos. Para tanto, serão selecionados 240 homens (120 corredorese 120 não ativos, sendo 20 em cada década de vida).

Coordenador(a): Prof(a). Marilia dos Santos Andrade

Diidrobenzofuranil-fenilpiperazinas como agentes vasodilatadores: síntese e avaliação de análogos do LINS01005

Descrição: Este projeto pretende avaliar sistematicamente a potência vasodilatadora de derivados substituídos do LINS01005. Esses compostos serão preparados partindo dos fenóis 4-substituídos, que serão alilados, isomerizados e ciclizados para obter os compostos de interesse, através de metodologias já bem estabelecidas em nosso grupo. Os estudos de atividade vasodilatadora serão realizados em anéis isolados de aorta de ratos Wistar e SHR, previamente contraídos com norepinefrina, na presença e ausência de endotélio, utilizando protocolo já estabelecido pela disciplina de Nefrologia. Curvas dose-resposta serão realizadas para os compostos preparados, e para o mais promissor, estudos de bloqueio de vias clássicas de sinalização envolvidas na ação vasodilatadora pretendem ser realizados.

Coordenador(a): Prof(a). João Paulo dos Santos Fernandes

Distribuição da ventilação e aeração pulmonar regional em pacientes com pulmões normais submetidos a anestesia geral e ventilação mecânica em diferentes posições

Descrição: A ventilação mecânica é parte essencial no suporte a vida dos pacientes submetidos a anestesia geral, e da mesma forma o conhecimento do anestesiologista da fisiologia e da distribuição da ventilação e aeração pulmonar é indispensável. A depender do procedimento a ser realizado é necessário realizar o posicionamento em diferentes decúbitos, que produzem impactos na distribuição da perfusão e da ventilação pulmonar ao modificar as áreas dependentes. No contexto cirúrgico é de extrema importância a compreensão destas mudanças que podem ocasionar impactos na alteração da relação ventilação/perfusão. Com base nestes dados, nossa hipótese é que pacientes com pulmões normais sob ventilação mecânica apresentam redução da aeração pulmonar das regiões dependentes, podendo estar presentes regiões de atelectrauma. Nosso objetivo é descrever o comportamento regional da aeração pulmonar em pacientes anestesiados em ventilação mecânica com pressão positiva submetidos a diferentes posicionamentos cirúrgicos.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Fernando dos Reis Falcão

Doença de Bowen: estudo comparativo entre receptores de transplante renal e indivíduos imunocompetentes

Descrição: Trata-se de um trabalho retrospectivo transversal com consulta de prontuário e análise de fragmentos de pele pelo exame histopatológico. Incluir-se-á dois grupos: 1.receptores de transplante renal e 2.indivíduos imunocompetentes. Serão analisados os dados epidemiológicos, clínicos e histopatológicos e imuno-histoquímicos.

Coordenador(a): Prof(a). Jane Tomimori

Economia, Gestão e Avaliação de Serviços de Saúde

Descrição: Analisar assuntos ligados à economia da saúde, sistemas de informação e a identificação dos condutores de mudança, a apresentação do cenário atual da saúde privada e pública no Brasil, a discussão dos seus diversos segmentos e a proposição de modelos de organização do sistema de saúde. Envolver-se na discussão de temas pertinentes ao sistema saúde e contribuir para o aprimoramento dos profissionais e do serviço de saúde, atuando nas seguintes áreas: educação através de atividades na pós-graduação, extensão universitária, pesquisa, consultoria interna e externa e na indicação de profissionais da saúde capacitados para tomada de decisões.

Coordenador(a): Prof(a). Maykon Anderson Pires de Novais

Efeito da associação de frutose e dieta hiperlipídica desde o desmame na função e morfologia cardíaca de ratos adultos

Descrição: O estilo de vida ocidental e o aumento no consumo de alimentos industrializados, ultraprocessados, os quais são ricos em gorduras, açúcares simples, sódio e uma diminuição de alimentos in natura como frutas, verduras e legumes, que são ricos em fibras e vitaminas, o que contribui para o aumento de peso e o surgimento de doenças crônicas não transmissíveis no decorrer da vida. Há estudos bem estabelecidos mostrando que o consumo de acúcar e/ou gordura é um determinante para o surgimentos de diversas fisiopatologias metabólicas em indivíduos adultos. Contudo, ainda não há informações suficientes que correlacionam estas desordens a estes dois tipos de dietas administradas simultaneamente, somada ao fato de serem implementadas logo após o desmame até a fase adulta. Logo, projeto visa avaliar o efeito da associação de frutose e dieta hiperlipídica, desde o desmame, na função e morfologia cardíaca de ratos adultos.

Coordenador(a): Prof(a). Vera de Moura Azevedo Farah

Efeito da emulsão clássica de 5-fluorouracil versus 5-fluorouracil manipulado em emulsão com homogeneização de alta velocidade no campo de cancerização e no fotoenvelhecimento avançado

Descrição: Avaliar eficácia, segurança e tolerabilidade do uso do 5-FU gel lipossomado 1% como tratamento das queratoses actínicas e campo de cancerização e verificar se ele difere do 5-FU 1% creme quanto aos resultados e eventos adversos. Avaliar os efeitos clínicos, histológicos, imunohistoquímicos epidérmicos e dérmicos associados ao tratamento tópico de 5-FU gel lipossomado 1%, assim como explorar as vias afetadas pelo fotoenvelhecimento e campo de cancerização por meio da biologia molecular.

Coordenador(a): Prof(a). Ediléia Bagatin

Efeito da ingestão de suco de açaí sobre o perfil de expressão de microRNAs no plasma de pacientes diabéticos tipo 2

Descrição: Diabetes mellitus (DM) é uma doença crônica e inflamatória, caracterizada pela hiperglicemia, a qual prejudica a função de vários órgãos entre eles o rim, resultando na nefropatia diabética. Os microRNAs (miRNAs) são pequenos RNAs não codificantes, importantes na regulação e expressão gênica de proteínas, podendo ser modificados por citocinas inflamatórias e assim contribuir para a patogênese do DM. O açaí é uma fruta, originária da Amazônia, rica em lipídios, proteínas, fibras, vitaminas, minerais e com alto conteúdo de antioxidantes. Estudo recente realizado por nosso grupo mostrou que o açaí reduziu marcadores de estresse oxidativo/nitrosativo e inflamatórios, em células mesangiais cultivadas em meio com elevada glicose (modelo experimental de DM bem descrito na literatura), sugerindo modulação inflamatória via sistema antioxidante, neste modelo de diabetes. O objetivo é verificar o efeito do suco de açaí sobre a expressão de miRNAs no plasma de pacientes diabéticos tipo 2. Os pacientes com DM tipo 2 serão recrutados nos ambulatórios de Endocrinologia da UNIFESP, sendo coletadas informações sobre dieta, dados de composição corporal, amostras de sangue para as análises de glicemia, insulina, óxido nítrico, perfil lipídico, ureia, creatinina e expressão de miRNAs no plasma (-17, -21, -26a, -29a, -30b, -126, -146a, -155, -199a e -1934) e amostras de urina para análise de microalbuminúria, pré e pós intervenção com suco de açaí, suplementado diariamente por 4 semanas consecutivas. Para significância estatística será considerado p<0,05.

Coordenador(a): Prof(a). Elisa Mieko Suemitsu Higa

Efeito do exercício físico aeróbio sobre as respostas metabólicas e cardiovasculares induzidas pelo estresse crônico em ratos: participação do sistema renina-angiotensina

Descrição: O estresse crônico é um fator de risco para o desenvolvimento de hipertensão, aterosclerose e diabetes. O protocolo de estresse crônico moderado e imprevisível (ECMI) é um modelo animal de estresse e em estudo prévio, foi observado que o ECMI induziu resistência à insulina, dislipidemia, diminuição na produção de óxido nítrico e aumento da atividade do sistema renina-angiotensina, fatores que possivelmente contribuíram para a instalação do processo de disfunção endotelial. Também foi observado que animais estressados e tratados oralmente com antagonista de receptor AT1 de Angiotensina II, losartan (50mg/Kg/dia), tiveram os efeitos do ECMI cancelados. As complicações desencadeadas pelo estresse crônico afetam grande parte da população e, segundo a American Heart Association, os custos envolvidos no tratamento de doenças crônicas, como as cardiovasculares e metabólicas, deverão saltar de $273 para $818 bilhões de dólares de 2010 até 2030. Diante disso, torna-se imprescindível a busca por medidas preventivas ou terapêuticas como o exercício físico para evitar, controlar e/ou curar tais doenças. A prática regular de exercício físico diminui os níveis circulantes de insulina, auxilia na regulação da concentração de adiponectina e dos componentes do sistema renina-angiotensina, aumenta a biodisponibilidade do óxido nítrico e modula a atividade da glândula adrenal. Apesar destes benefícios, ainda não se sabe quais seriam os efeitos do exercício em ratos submetidos ao ECMI. Sendo assim, o objetivo do presente estudo será avaliar a influência do exercício físico aeróbio moderado sobre os prejuízos cardiovasculares e metabólicos de ratos submetidos ao estresse crônico e tratados com losartan, contribuindo para o entendimento dos mecanismos envolvidos no processo terapêutico do exercício, também relacionados à sua participação na atividade do sistema renina-angiotensina, possibilitando prevenção e a otimização do tratamento de indivíduos acometidos por tais alterações.

Coordenador(a): Prof(a). Tatiana de Sousa da Cunha Uchiyama

Efeito do Exercício Físico Recreativo na Ativação do Tecido Adiposo Marrom em Crianças Avaliadas por Termografia Infravermelha

Descrição: O exercício físico resulta em adaptações a diversos sistemas e oferece proteção para o desenvolvimento de distúrbios metabólicos, como a obesidade e diabetes tipo 2, e recentes relatórios sugerem que o tecido adiposo marrom (TAM) pode influenciar esses efeitos benéficos do exercício sobre a saúde geral. No entanto, os efeitos do exercício físico na atividade do TAM são controversos, assim faz-se necessário estudos para compreender se o exercício físico em crianças pode desempenhar um papel fundamental no metabolismo do TAM, assim como o tipo de exercício, intensidade e quanto tempo é necessário para induzir o recrutamento e ativação do TAM. Além disso, a termografia infravermelha proporciona uma alternativa não invasiva e de baixo custo comparada aos métodos atuais utilizados para avaliar o TAM. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho é verificar os efeitos de doze semanas de treinamento físico na ativação do TAM em crianças avaliadas por termografia infravermelha.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Efeito do Pré-Condicionamento Isquêmico de Músculos Estriados Esqueléticos sobre Respostas Metabólicas ao Exercício Físico em Humanos

Descrição: A ressíntese de adenosina trifosfato nas mitocôndrias, mediante o consumo de oxigênio, é a via metabólica predominante de exercícios que envolvem contrações dinâmicas de grandes grupos musculares realizadas por período maior que alguns minutos. Logo, métodos ergogênicos com potencial para melhorar agudamente o metabolismo oxidativo são alvo de intensa investigação científica. Neste contexto, está bem estabelecido que o pré-condicionamento isquêmico (PCI; breves ciclos de isquemia) induz proteção contra infarto agudo do miocárdio, a qual é atribuída a mecanismos relacionados com o VO2, como a função mitocondrial e a função micro e macrovascular. Por outro lado, recentemente foi demonstrado que além da proteção contra o infarto, o PCI pode também melhorar o desempenho para realizar exercício aeróbio. No entanto, não são conhecidos os mecanismos responsáveis por tal efeito. Sendo assim, este projeto visa investigar o efeito do PCI sobre o consumo máximo de oxigênio (VO2max), a economia de corrida, o limiar de lactato (LL) e a cinética de aumento do VO2 em atletas com alto nível de condicionamento aeróbio, pois tais mecanismos são bem estabelecidos como determinantes do desempenho aeróbio. Nossas hipóteses são que o PCI provoque aumento da economia de corrida, do VO2max e da intensidade de exercício onde ocorre o LL, além de diminuição do componente lento de aumento da cinética do VO2 durante exercício aeróbio no domínio de intensidade severa. Se as hipóteses forem confirmadas, o uso do PCI poderá ser indicado como um método ergogênico para melhorar agudamente o desempenho de atletas cuja modalidade envolva participação significativa de exercícios aeróbios.

Coordenador(a): Prof(a). Bruno Moreira Silva

Efeito do probiótico Saccharomyces boulardii sobre as alterações metabólicas, hepáticas, cardiovasculares e renais induzidas pelo diabetes experimental

Descrição: A prevalência mundial de diabetes mellitus (DM) está aumentando desde o século passado e é provável que continue a crescer substancialmente nas próximas décadas. Várias são as complicações decorrentes desta doença, e dentre as mais graves podemos citar a cardiomiopatia, bem como a nefropatia diabética. Além disto, sabe-se que os danos hepáticos desencadeados pelo desequilíbrio metabólico associado ao DM, também são consideráveis. Os mecanismos relacionados fisiopatologia destas complicações decorrentes do DM são complexos e continuam a ser incompletamente compreendidos, mas sabe-se que perturbações metabólicas e hemodinâmicas interagem sinergicamente e tem sido reportadas por ativar o sistema renina angiotensina resultando em aumento da angiotensina II, de espécies reativas ao oxigênio e de inflamação. O aumento da incidência e prevalência do DM demanda a implementação de intervenções precoces que possam prevenir ou retardar a sua evolução da doença e de suas complicações. A Saccharomyces boulardii é uma levedura que tem sido utilizada com sucesso no tratamento de doenças agudas como as diarreias e infecções por Helicobacter pylori e Clostridium difficile, devido à sua ação probiótica. Recente estudo demonstrou que a administração de S. boulardii em camundongos diabéticos pode alterar a microbiota intestinal e reduzir massa gorda, esteatose hepática, inflamação sistêmica e inflamação hepática, sugerindo, dessa forma, que a S. boulardii pode agir como um probiótico benéfico no contexto da obesidade e DM. Diante dessas considerações, o objetivo deste projeto é avaliar a influência do probiótico Saccharomyces boulardii sobre as complicações metabólicas, hepáticas, cardiovasculares e renais em camundongos diabéticos induzidos por estreptozotocina.

Coordenador(a): Prof(a). Tatiana de Sousa da Cunha Uchiyama

Efeitos cardiovasculares e neuroimunes do treinamento físico combinado associado a terapias medicamentosas anti-hipertensivas em um modelo experimental de hipertensão: impacto do sexo e da privação dos hormônios ovarianos

Descrição: As doenças cardiovasculares são a maior causa de mortes no mundo. Dentre os fatores de risco para o desenvolvimento destas, a hipertensão arterial apresenta grande prevalência em ambos os sexos. O treinamento físico combinado (aeróbico + resistido) vem sendo recomendado pelos guidelines internacionais e nacionais como conduta não farmacológica no manejo de hipertensos. Todavia, os efeitos do treinamento físico em hipertensos sob tratamento farmacológico foram pouco estudados. Além disso, estudo prévio de nosso grupo demonstrou diferenças entre os sexos nas adaptações neuroimunes frente ao mesmo treinamento. Neste sentido, o presente estudo terá como objetivo investigar os efeitos do treinamento físico combinado de moderada intensidade associado a terapias farmacológicas anti-hipertensivas em ambos os sexos, incluindo a condição de privação dos hormônios sexuais femininos, nas adaptações hemodinâmicas, autonômicas, de estresse oxidativo e inflamatórias em um modelo experimental de hipertensão arterial. Para tanto, serão estudados ratos espontaneamente hiperstensos (SHR) com 3 meses de idade. Os animais serão distribuídos em 6 grupos por sexo (n=8/grupo) no protocolo 1: sedentários + placebo (FSP e MSP), sedentários + Hidroclorotiazida 10mg/kg (FSH e MSH), sedentários + Enalapril 10mg/kg (FSE e MSE); treinados + placebo (FTP e MTP), treinados + Hidroclorotiazida 10mg/kg (FTH), treinados + Enalapril 10mg/kg (FTE). No protocolo 2 os animais serão distribuídos nos grupos: sedentárias (S), ooforectomizadas sedentárias (OS), ooforectomizadas sedentárias tratadas com Hidroclorotiazida (OSH), ooforectomizadas sedentárias tratadas com Enalapril (OSE), ooforectomizadas treinadas (OT), ooforectomizadas treinadas e tratadas com Hidroclorotiazida (OTH) e ooforectomizadas treinadas e tratadas com Enalapril (OTE). E no protocolo 3 pretende-se testar o papel dos pressorreceptores arteriais, por meio da sua retirada pela desnervação sino-aórtica (DSA) (5 dias após a ooforectomia), nas adaptações induzidas pelos tratamentos neste modelo experimental, sendo constituído pelos grupos: OTH e OTE do protocolo 2 e ovariectomizadas treinadas tratadas com Hidroclorotiazida e submetidas a DSA (OTH-DSA) e ovariectomizadas treinadas tratadas com Enalapril e submetidas a DSA (OTE-DSA). Optamos pelo uso de hidroclorotiazida e enalapril pois ambos apresentam eficiência comprovada na redução da pressão arterial (PA) e da mortalidade, com nível de evidência A. Os tratamentos farmacológicos (ou com placebo) serão realizados durante 1 semana por via oral (gavage) e a PA sistólica será medida para verificar e equalizar os efeitos do tratamento anti-hipertensivo. Na sequência, os grupos prosseguirão o tratamento farmacológico (ou placebo) por mais 8 semanas, acompanhado ou não de treinamento combinado de intensidade moderada (40-60% do teste máximo), simultaneamente realizado em esteira (aeróbio) e escada (resistido). Ao final das 8 semanas, serão avaliados parâmetros hemodinâmicos, a sensibilidade baroreflexa, a participação dos sistemas pressores, a modulação autonômica cardiovascular e mediadores inflamatório e marcadores de estresse oxidativo em tecido cardíaco, vascular e sistemicamente. Neste estudo, buscamos identificar se o treinamento físico pode potencializar os efeitos do tratamento farmacológico, bem como compreender os mecanismos envolvidos na redução da PA em cada combinação de tratamento.

Coordenador(a): Prof(a). Katia de Angelis Lobo D Avila

Efeitos da sobrecarga de frutose desde a prenhez sobre os aspectos morfo-funcionais dos rins das proles

Descrição: Nas últimas décadas houve grande aumento do consumo de alimentos que apresentam a frutose em sua formulação. Entretanto o elevado consumo deste açúcar tem sido relacionado ao desenvolvimento de doenças como hipertensão, obesidade, diabetes e outras. Sabe-se que o ambiente materno adequado é vital para o bom desenvolvimento fetal e que alterações que repercutem neste ambiente podem modificar o desenvolvimento intra-uterino tornando a prole mais suscetível ao desenvolvimento de hipertensão arterial e alterações cardiovasculares, renais e metabólicas na idade adulta. Considerando-se que durante a gestação, o elevado consumo de frutose pode alterar o ambiente fetal, é de importância avaliar a repercussão do consumo excessivo de frutose desde o período de prenhez e de aleitamento sobre a pressão arterial e sistema renal da prole em idade adulta. Objetivos: 1) Avaliar na prole de ratas submetidas à sobrecarga de frutose durante a prenhez e aleitamento alterações na pressão arterial e na morfologia e função renal. 2) Avaliar estes mesmos parâmetros na prole de ratas submetidas à sobrecarga de frutose durante a prenhez e aleitamento que continuaram a receber frutose após o desmame.

Coordenador(a): Prof(a). Guiomar Nascimento Gomes

Efeitos dos esteroides androgênicos em ratas ooforectomizadas ou não sobre a função renal

Descrição: Temos vivenciado significativo aumento do uso de esteroides androgênicos (EA) de forma não terapêutica e indiscriminada em nossa sociedade, com objetivos de melhorar o desempenho esportivo, bem como para fins estéticos visando o aumento da massa muscular. É importante salientar que este comportamento não é exclusivo do sexo masculino, já que muitas mulheres têm utilizado estas drogas com finalidades estéticas e esportivas. Os hormônios androgênicos também têm sido utilizados no processo de afirmação de identidade de gênero, sendo que a hormonização pode ocorrer em paralelo ao acompanhamento psicológico e/ou intervenção cirúrgica. A grande parte dos estudos com EA, experimentais ou em humanos, foi desenvolvida em indivíduos do sexo masculino e não há relatos de estudos experimentais com animais do sexo feminino. Deste modo, torna-se importante estudar os efeitos da administração de EA em ratas, submetidas ou não à ooforectomia, com o objetivo de avaliar as repercussões deste procedimento sobre a função cardiovascular e renal.

Coordenador(a): Prof(a). Guiomar Nascimento Gomes

Efeitos respiratório, hemodinâmico e metabólico durante simpatectomia torácica comparando as técnicas cirúrgicas apnéica e insuflação por gás carbônico

Descrição: Muitos pacientes adolescentes e no início da fase adulta apresentam aumento da atividade simpática não relacionada ao uso de drogas ilícitas, medicações ou tumores. Esse aumento da atividade simpática geralmente é caracterizado por rubor facial intenso, hiperidrose em extremidades e aumento da temperatura corporal (hiperidrose primária). A ablação cirúrgica da inervação simpática torácica por métodos variados é altamente eficaz em promover diminuição dos referidos sintomas e tem alto índice de satisfação com o resultado. Essa cirurgia necessita de colapso pulmonar, ainda que parcial, para se abordar a cadeia simpática. Atualmente dois métodos se destacam em promover de forma eficiente o colapso pulmonar desejado sem a necessidade de intubação endotraqueal seletiva para a realização da simpatectomia: a apnéia intermitente e a insuflação por gás carbônico (carbotórax). A intenção de ambas é promover condição cirúrgica adequada para ablação da inervação simpática torácica, que normalmente desencadeia a sintomatologia. O presente estudo se propõe a fazer uma análise comparativa entre as duas técnicas com relação às questões respiratória, hemodinâmica e metabólica; além de avaliar analgesia pós-operatória e tempo de permanência na sala de recuperação anestésica.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Fernando dos Reis Falcão

Elaboração de produtos de Avaliação de Tecnologias em Saúde como contribuição para o Sistema Único de Saúde - Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde da UNIFESP-Diadema (NATS UNIFESP-D)

Descrição: O núcleo de avaliação de tecnologias em saúde elabora produtos sob demanda do DGITIS/Ministério da Saúde, tais como Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT), informes de Monitoramento do Horizonte Tecnológico (MHT), Parecer Técnico Científico (PTC), Revisões Sistemáticas e outros. Envolve bolsistas, pós graduandos e graduandos da Unifesp e outras instituições (editais abertos).

Coordenador(a): Prof(a). Daniela Oliveira de Melo

Ensaio clínico para avaliar eficácia, segurança e tempo de remissão da isotretinoína oral em dose baixa comparada ao cloridrato de doxiciclina no tratamento da rosácea pápulo pustulosa

Descrição: Rosácea é doença inflamatória crônica caracterizada por períodos intermitentes de exacerbação e remissão. Manifesta-se por episódios recorrentes de flushing, eritema, telangiectasias, pápulas e pústulas. Acomete a região centro-facial, de maneira simétrica. O acometimento ocular é comum. Até o momento, não há cura. Afeta negativamente a qualidade de vida. Sua patogênese ainda não é elucidada. Acredita-se em predisposição genética, desordens vasculares e participação da imunidade inata. O cloridrato de doxiciclina é tratamento utilizado, considerado seguro e eficaz. Seu efeito terapêutico é baseado em sua ação anti-inflamatória. A isotretinoína oral é potente inibidor das glândulas sebáceas, com propriedade anti-inflamatória pela modulação do receptor Toll-Like-2 (TLR-2). A eficácia da isotretinoína oral na rosácea grave foi relatada em 1980. Revisão sistemática aponta a possibilidade de sua utilização, em dose baixa, na rosácea resistente aos outros tratamentos. Tecnologias como a luz intensa pulsada são usadas para o tratamento do eritema e telangiectasias, podendo contribuir para remissão da doença. Objetivos: Avaliar eficácia, segurança e tolerabilidade da isotretinoína oral em dose baixa no tratamento da rosácea moderada a grave, com ou sem acometimento ocular, comparada ao cloridrato de doxiciclina; investigar se a isotretinoína oral altera a expressão de mediadores de desordens vasculares (VEGF e CD 31), marcador cutâneo de ativação da imunidade inata (TLR-2), catelicidinas, receptor vaniloide de potencial transitório 1 (transient receptor potential vanilloid 1 ou TRPV-1) e da forma induzida da enzima óxido nítrico sintetase (iNOS); verificar se o tratamento com isotretinoína oral determina mudanças na qualidade de vida; avaliar se o tratamento com isotretinoína oral prolonga a remissão da doença; avaliar se o tratamento do eritema e telangiectasias com luz intensa pulsada contribui para maior período de remissão da rosácea. Método: Estudo de intervenção terapêutica, randomizado e comparativo. Serão incluídos 60 participantes com rosácea pápulo pustulosa moderada a grave com ou sem acometimento ocular randomizados: Grupo ISO: isotretinoína oral, na dose de 0,3 a 0,4mg/Kg/dia, por 16 semanas; Grupo DOXI: cloridrato de doxiciclina, na dose 100mg/dia, por 16 semanas. Todos serão submetidos a exame oftalmológico prévio, a fim de detectar acometimento ocular e acompanhados pela Oftalmologia. Biópsias cutâneas antes e ao final dos tratamentos serão realizadas na região paranasal (sulco alar) para exames histológico e imunohistoquímico a fim de avaliar os aspectos epidérmicos e dérmicos e a expressão dos marcadores cutâneos: TLR-2, VEGF, CD31, TRPV-1, catelicidinas, e iNOS. Ao final os participantes serão acompanhados por mais 16 semanas para avaliação de recidiva. Todos preencherão questionário genérico de avaliação de qualidade de vida em Dermatologia e em Oftalmologia antes e após os tratamentos. Após este acompanhamento, metade dos participantes com eritema persistente e telangiectasias realizarão 3 sessões, cada 3 semanas, de luz intensa pulsada e serão acompanhados por mais 16 semanas para comparar o resultado clínico e a ocorrência de recidivas com aqueles que não fizeram esse tratamento. Estes receberão o mesmo tratamento se diferença significativa for observada.

Coordenador(a): Prof(a). Ediléia Bagatin

Ensaio clínico randomizado, comparativo, monocego sobre efetividade e segurança do microagulhamento no tratamento da alopecia androgenética

Descrição: Alopecia androgenética (AAG) é a causa mais comum de alopecia não cicatricial em todo o mundo. Caracteriza-se pela miniaturização progressiva dos folículos devido a ciclos capilares com diminuição da fase anágena e aumento da relação telógeno/anágeno. Ocorre em padrões bem definidos, acometendo indivíduos predispostos de ambos os sexos a partir da segunda década de vida. Dados epidemiológicos apontam para alta prevalência principalmente entre caucasianos do sexo masculino (80%), incidência que aumenta com a idade e leva a crescente procura por dermatologistas. A etiologia da AAG é multifatorial e poligênica, sendo melhor esclarecida nos pacientes masculinos devido à clara participação dos andrógenos. Apesar da alta prevalência, os tratamentos disponíveis são escassos e por vezes apresentam respostas pouco satisfatórias coibindo somente a progressão da doença. O minoxidil é a medicação tópica gold standantard para tratamento da AAG. Apesar de seu mecanismo de ação ainda não ser totalmente claro, em 1988 foi aprovado (colocar o órgão: FDA/Anvisa) para uso tópico, a 2%, sendo empregado atualmente tanto em solução quanto em espuma, a 5%. Este trabalho se justifica pela necessidade de buscar novas e possíveis alternativas para pacientes que não toleram ou deixam de responder ao tratamento com as medicações-padrão tópica e/ou sistêmica (minoxidil e finasterida respectivamente), por meio desse procedimento e, dessa forma esclarecer seu mecanismo de ação e a sua efetividade. Baseando-se na literatura cientifica, conjecturamos que a injúria tecidual provocada pelo microagualhamento é capaz, sim, de estimular a foliculogênese.

Coordenador(a): Prof(a). Samira Yarak

Envolvimento de novos antagonistas do receptor H3/H4 da histamina em modelo de inflamação alérgica pulmonar em camundongos

Descrição: Envolvimento de novos antagonistas do receptor H3/H4 da histamina em modelo de inflamação alérgica pulmonar em camundongos.

Coordenador(a): Prof(a). Richardt Gama Landgraf

Epidemiologia molecular de biomarcadores de câncer esôfago-gástrico

Descrição: O câncer gástrico (GC) é considerado a quinta neoplasia maligna mais comum existente no mundo, tendo maior incidência nos países asiáticos, além, de ser considerada a terceira principal causa de morte relacionada ao câncer, apresentando um predomínio maior em homens do que em mulheres. A maioria dos cânceres gástricos e da junção esofagogástrica em 90% dos casos são adenocarcinomas, originados das glândulas da mucosa ou do epitélio gástrico. De acordo com o Atlas do Genoma do Câncer existe uma subclassificação do GC baseada nos padrões moleculares, dividindo-os em quatro subtipos, sendo mais frequente, em 50% dos casos, o subgrupo caracterizado por instabilidade cromossômica, o segundo são os tumores com instabilidade de microssatélites (MSI- H), o terceiro, representando 20%, refere-se aos tumores geneticamente estáveis. E por fim, os tumores decorrentes da mutação de PIK3CA, silenciamento de CDKN2A e superexpressão de PD-L1/2 em decorrência do vírus Epstein-Barr. A heterogeneidade genética entre os subtipos desta neoplasia maligna, acaba por limitar a eficácia dos tratamentos aplicados, influenciando negativamente na utilização de biomarcadores preditivos de resposta à imunoterapia. Portanto, o projeto visa a identificação dos subgrupos distintos de tumores presentes na população, caracterizando os tipos de biomarcadores, visando uma maior eficácia da imunoterapia e melhora do prognóstico desses pacientes.

Coordenador(a): Prof(a). Ramon Andrade Bezerra de Mello

Estresse oxidativo e óxido nítrico

Descrição: Estudo do estresse oxidativo e suas implicações sobre as vias de formação e degradação do óxido nítrico na obesidade, diabetes e hipertensão em modelos experimentais e humanos submetidos ou não ao exercício físico.

Coordenador(a): Prof(a). Elisa Mieko Suemitsu Higa

Estudar o mecanismo de ação dos probióticos Bifidobacterium breve e Lactobacillus rhamnosus no tratamento das alterações na mecânica respiratória induzidas por isquemia e reperfusão intestinal

Descrição: A síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA) é uma síndrome que resulta em alteração da reatividade das vias aéreas e inflamação pulmonar aguda caracterizada pelo aumento da expressão de moléculas de adesão, da permeabilidade vascular e de infiltração de neutrófilos no tecido pulmonar. As manifestações clínicas sistêmicas da SDRA compreendem alterações hemodinâmicas como hipotensão, hiporreatividade vascular a vasoconstritores, redução da perfusão tissular; além de exacerbada produção de eicosanóides, TNF-α, IL-6, IL-8, IL-1β e NO na circulação e, quando associada a sepse apresenta um significativo aumento na taxa de mortalidade. Além disso, o tratamento farmacológico convencional, embora eficaz, apresenta limitações no que diz respeito a pacientes refratários ao tratamento e principalmente aos efeitos colaterais. A SDRA pode ser induzida por isquemia e reperfusão intestinal (I/R-intestinal). As conseqüências da I/R-intestinal não são restritas ao intestino e envolvem a indução de lesão tecidual em órgãos distantes, no qual as vias aéreas e os pulmões ocupam lugar de destaque. Alguns autores mostram que o efeito da suplementação com probióticos na dieta atenua doenças que acometem as vias aéreas e o pulmão. A despeito de alguns estudos descritos na literatura sobre o efeito antiinflamatório dos probióticos em afecções pulmonares, não existem estudos que avaliem o fenômeno das alterações na mecânica pulmonar observado na SDRA induzida por I/R-intestinal sob o ponto de vista do mecanismo de ação do probiótico. O presente projeto tem com objetivo estudar o mecanismo de ação dos probióticos sobre a mecânica pulmonar em modelo experimental de inflamação pulmonar aguda induzida pela I/R-intestinal em ratos.

Coordenador(a): Prof(a). Flávio Aimbire Soares de Carvalho

Estudo clínico prospectivo, randomizado, multicêntrico, auto-controlado, com avaliador cegado, sobre a eficácia e a segurança do ácido Poli-L-Láctico (SCULPTRA®) para tratamento da flacidez cutânea corporal

Descrição: A flacidez cutânea é um dos fatores que levam os pacientes a buscar tratamentos estéticos. O tratamento não-cirúrgico da flacidez cutânea vem ganhando maior número de adeptos ao longo dos anos. Diversos preenchedores cutâneos, com propriedades distintas, podem ser considerados no tratamento da flacidez cutânea. O ácido poli-L-láctico vem sendo usado em diversas áreas médicas há pouco mais de três décadas, tendo aplicações variadas em suturas bioabsorvíveis, como vetor para injeção de medicamentos e como base para implantes em diversos tipos de tecidos. O ácido poli-L-láctico (Sculptra®) é aprovado no Brasil para melhoria da flacidez cutânea decorrente do processo de envelhecimento intrínseco e extrínseco e para correção volumétrica de áreas deprimidas, como sulcos, rugas, depressões cutâneas, cicatrizes atróficas e alterações decorrentes de lipoatrofia da área tratada. O objetivo deste estudo é avaliar a eficácia e a segurança do Sculptra® no tratamento da flacidez cutânea em áreas selecionadas (braços [face ântero-medial] e regiões glúteas). Trata-se de estudo clínico prospectivo, randomizado, multicêntrico, auto-controlado, com avaliador cegado, para tratamento da flacidez cutânea bilateral de uma das áreas corporais com ácido Poli-L-Láctico (SCULPTRA®) em mulheres entre 35 e 60 anos, que atendam aos demais critérios específicos de inclusão/exclusão. Para cada um dos lados, o tratamento será feito em três sessões, com  intervalo de 1 mês entre elas. Entretanto, se o investigador julgar que o tratamento já promoveu o resultado desejado com um número de sessões inferior a três, a participante não terá que completar as três sessões de tratamento. Ainda assim, a participante deverá seguir com as avaliações previstas em protocolo. Avaliações subjetivas por meio de fotografias, questionários e ultrassom. Análises primárias e secundárias serão conduzidas na população com intenção de tratamento. Variáveis contínuas com distribuição normal serão comparadas por meio de testes t pareados ou não pareados, conforme a característica dos grupos sendo comparados. Variáveis categóricas serão comparadas por meio dos testes do qui-quadrado ou exato de Fisher, conforme o número de indivíduos. Variáveis ordenadas serão comparadas por meio do teste de Mann-Whitney. Modelos multivariados e correlações poderão ser empregadas de maneira exploratória.

Coordenador(a): Prof(a). Samira Yarak

Estudo clínico sobre eficácia, segurança e mecanismos de ação do microagulhamento e ácido tranexâmico oral no tratamento do melasma facial

Descrição: O melasma é hipermelanose crônica e adquirida. Acomete mulheres e as lesões ocorrem nas áreas fotoexpostas, especialmente a face. Até o momento, nenhum dos tratamentos disponíveis tem eficácia elevada ou promove resultados sustentados. Os objetivos são: avaliar a factibilidade do protocolo de pesquisa com microagulhamento em melasma facial (projeto piloto); Avaliar a eficácia e segurança de duas sessões de microagulhamento (1,5mm) e do uso do ácido tranexâmico oral, na dose de 250mg duas vezes ao dia por 60 dias no tratamento do melasma facial em mulheres; Avaliar a eficácia e segurança do tratamento combinado do melasma facial com ácido tranexâmico oral e microagulhamento. Após aprovação pelo CEP UNIFESP / HSP, será desenvolvido projeto piloto, incluindo vinte mulheres, maiores de 18 anos, com melasma facial, após assinatura do TCLE. Para tanto, no tempo T0, serão fotografadas, avaliadas quanto à gravidade do melasma e qualidade de vida e indicadas ao uso de filtro solar. Dez delas serão submetidas a uma sessão de microagulhamento (agulhas de 1,5mm) e realização de uma biópsia (punch 3 mm) na área do melasma facial. Após uma semana (tempo T7), as mesmas dez participantes serão reavaliadas e realizada nova biópsia (punch de 3 mm) em local próximo à primeira. As outras dez serão fotografadas e observadas, sem intervenção, também nos tempos T0 e T7. Os fragmentos de pele provenientes das biópsias serão corados por: ácido periódico de Schiff, Fontana-Masson e Herovici. O projeto principal constituirá um ensaio clínico randomizado fatorial; 64 mulheres, de 18 a 60 anos, com melasma facial serão alocadas, aleatoriamente e de forma cega, em quatro diferentes grupos de tratamento: (GC) grupo que receberá o tratamento padrão atual (filtro solar e tríplice combinação tópica); (GM) grupo que receberá tratamento padrão (filtro solar e tríplice combinação tópica), microagulhamento e placebo oral; (GMT) grupo que receberá tratamento padrão (filtro solar e tríplice combinação tópica), microagulhamento e ácido tranexâmico oral; (GT) grupo que receberá tratamento padrão (filtro solar e tríplice combinação tópica) e ácido tranexâmico oral. A partir de 60 dias as 64 participantes manterão o tratamento padrão (filtro solar e tríplice combinação). As participantes serão avaliadas clinicamente no T0, T60 e T120. Biópsia da área do melasma (colorações H&E, PAS, Herovici, azul de toluidina; e imunomarcação S100, VEGF, CD34, SCF, KGF, Melan-A) será realizada no T0 e T60. Espera-se quantificar e elucidar o efeito do microagulhamento e do ácido tranexâmico oral como adjuvantes no tratamento do melasma facial, bem como a manutenção dos resultados após suspensão das terapêuticas e manutenção com filtro solar e tríplice combinação de ácidos de uso noturno domiciliar.

Coordenador(a): Prof(a). Ediléia Bagatin

Estudo comparativo entre Nd-YAG laser 1064 e Nd-YAG laser associado com Erbium laser 2940 mais aplicação de antifúngico tópico no tratamento da onicomicose: Avaliação clínica e Avaliação in vitro das alterações fúngicas decorrentes da ação do laser Nd-YA

Descrição: O objetivo deste estudo é avaliar qual o método mais eficaz para tratamento da micose das unhas: se apenas uma modalidade de laser ou se a associação de dois tipos de laser mais a aplicação de um medicamento antifúngico tópico. Para isso, os participantes serão divididos em dois grupos conforme a modalidade de tratamento. Este estudo avaliará também se ocorre a cura micológica durante o tratamento, e se ela persiste 18 meses após o término do mesmo.

Coordenador(a): Prof(a). Samira Yarak

Estudo da inter-relação entre as vias de sinalização do Klotho e o receptor P2X7 na progressão da nefropatia diabética em ratos

Descrição: A nefropatia diabética (ND) afeta cerca de 40% dos pacientes diabéticos, sendo a principal causa de morbidade e mortalidade nesta população. Muitos fatores têm sido descritos na fisiopatologia da ND, incluindo o aumento na expressão dos receptores purinérgicos, em especial o P2X7 (P2X7-R) demonstrado recentemente por trabalho de nosso grupo. A suplementação com o antioxidante N-acetilcisteína, associada à prática de exercícios aeróbicos causou melhora substancial na função renal. O P2X7-R tem importante papel biológico, aumentando o influxo de cálcio, o que resulta em morte celular por apoptose e/ou necrose. O principal agonista desse receptor é composto por fosfatos extracelulares (ATP). Na doença renal crônica existe um distúrbio no metabolismo mineral, pelo fato do rim ser o principal órgão de excreção do fósforo, existindo evidências de que a proteína Klotho teria participação nesse mecanismo, por meio da ativação do fator de crescimento de fibroblasto (FGF-23) que modula o fosfato sistêmico. Assim o Klotho, que inicialmente foi associado ao envelhecimento, hoje tem sido relacionado a doenças crônicas renais, atuando na homeostase do fósforo e talvez desempenhando um papel como modulador dos P2X7-R. O objetivo do nosso trabalho é avaliar a interação entre o Klotho e o P2X7-R nos rins de ratos diabéticos e estudar o papel de ambos na progressão da ND. O diabetes mellitus será induzido com estreptozotocina em ratos e a expressão do Klotho e P2X7-R será estudada aplicando-se a técnica de RNA de interferência (nesse método faremos um silenciamento intercalado do Klotho e do P2X7-R) para a avaliação da ausência parcial de um gene sobre a ativação do outro, mostrando assim possível interação entre eles.

Coordenador(a): Prof(a). Elisa Mieko Suemitsu Higa

Estudo de biomarcadores moleculares, indicadores epidemiológicos e fármaco-económicos com impacto nos desfechos clínicos das neoplasias

Descrição: O aumento da incidência de câncer no Brasil, gerado em parte pela transição demográfica que o país atravessa, exige uma demanda maior de conhecimento do perfil da doença por parte dos profissionais de saúde, para que estes estejam preparados para diagnosticar, tratar e curar os pacientes de uma forma precoce e eficaz. A Oncologia Clínica é uma área em rápida e em franca expansão. As inovações e tecnologias cada vez mais crescem em prol da melhoria do tratamento do paciente com câncer, como as terapias moleculares, terapias alvo e, agora mais recentemente, a imunoterapia. Além disso, novos biomarcadores também são importantes para este processo. O nosso grupo trabalha na identificação e validação de variantes genéticas que influenciam o desenvolvimento e o impacto no comportamento clínico de diversos tumores malignos, nomeadamente os tumores da mama, torácicos, urológicos e do trato gastro-intestinal. Além disso, desenvolvemos trabalhos para a identificação de biomarcadores preditivos de efeito terapêutico, bem como o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas para o tratamento de tumores malignos através de ensaios clínicos. Nesse contexto de demanda, estudamos também o perfil epidemiológico dos casos de neoplasia mais frequentes na população brasileira de ambos os sexos que passaram por ambulatórios de oncologia do estado de São Paulo. Os pacientes, a partir de seus respectivos prontuários clínicos, são divididos pelo tipo de neoplasia e subdivididos em grupos de acordo com variáveis clínicas, como sexo, idade no momento do diagnóstico, estadiamento TNM, tipo de tratamento e evolução clínica. Posteriormente, são analisados os desfechos clínicos, como resposta global aos tratamentos, intervalo livre de progressão, sobrevivência global e mortalidade em cada subgrupo. Na esfera fármaco-econômica, considerando a necessidade do acesso/incorporação das novas tecnologias de saúde em oncologia e a sustentabilidade das fontes pagadoras, quer sejam o Sistema Único de Saúde e/ou operadoras de planos de saúde, nós também atuamos com objetivo analisar e melhorar a eficiência dos sistemas de saúde em oncologia. O nosso grupo estuda mecanismos para facilitar a tomada de decisão de gestores em saúde e melhorar a alocação de recursos financeiros escassos, na tentativa de maximizar a eficiência dos desfechos em oncologia, através de análises de custo-efetividade e entendimento de modelos de gestão, eficiência e sustentabilidade dessas fontes pagadoras.

Coordenador(a): Prof(a). Ramon Andrade Bezerra de Mello

Estudo de coorte prospectiva para avaliação de aspectos clínicos, virológicos e de resposta do hospedeiro em pacientes com COVID-19

Descrição: Constituiremos coorte de pacientes com doença moderada, com potencial evolução de melhora ou de piora, o que nos permitirá descrever processos ou padrões de resposta do hospedeiro relacionados a esses desfechos e, eventualmente, identificar biomarcadores que nos auxiliem a discriminar pacientes com menor ou maior potencial de gravidade. Objetivos Específicos 1. Clínico-epidemiológico. Descrever as alterações clínicas nos pacientes de moderada gravidade, caracterizando aspectos que possam estar relacionados com o desfecho dos mesmos. 2. Monitoramento virológico. Fazer avaliação da presença do SARS-CoV-2 em secreção nasal e de orofaringe durante o seguimento dos pacientes. 3. Avaliar a dinâmica das alterações nas populações de células do sangue periférico (linfócitos, monócitos e neutrófilos) a. Monitoramento da contagem de linfócitos T, TCD4, TCD8, B e NK b. Avaliar a expressão de marcadores de ativação celular (HLA-DR e CD38) em linfócitos TCD4+ e TCD8+ 4. Determinar o nível plasmático de citocinas e quimiocinas envolvidas na patogênese da doença e representativas da atividade inflamatória e anti-inflamatória, assim como de subpopulações de linfócitos T. 5. Proteômica de células mononucleares do sangue periférico (PBMC). a. Análises proteômicas qualitativa e quantitativa (Label-free quantification) b. Enriquecimento funcional c. Redes de interação proteína-proteína (PPIN), buscando por proteínas-chave e módulos.

Coordenador(a): Prof(a). Reinaldo Salomão

Estudo de Polimorfismo Genético e Atividade das Enzimas Conversoras de Angiotensina (ECA1 e ECA2) em Pacientes de COVID-19

Descrição: A fim de contribuir para uma melhor compreensão deste processo complexo, objetivamos realizar uma análise genética comparativa de pacientes de COVID- 19 já curados (sintomáticos ou assintomáticos), e correlacionar tais perfis da doença com os polimorfismos I/D da ECA e G8790A da ECA2, que apresentam maior susceptibilidade à hipertensão e diabetes, entre outras comorbidades. Assim, tal estudo poderá contribuir para o entendimento da dinâmica evolutiva por trás dessa adaptação bem-sucedida do novo coronavírus para a infecção, além de ajudar na discussão sobre o papel na função colaborativa da enzima ECA2 na patogênese da doença associada também à ECA1 e também sobre a relação das atividades destas enzimas/polimorfismos na gravidade da COVID-19.

Coordenador(a): Prof(a). Dulce Elena Casarini

Estudo do Perfil Proteômico, Lipidômico e Metalolômico em Portadores com Microcefalia Causada por Zika Virus

Descrição: Nosso grupo de pesquisa tem experiência em estudo do metabolismo de portadores de microcefalias. Recentemente foi defendida uma dissertação demonstrando um estudo do perfil metabólico de aminoácidos e aminas biogênicas em portadores da síndrome de Cri-du-chat (SCDC) (OMIM #123450). A SCDC é uma doença genética rara na qual há uma deleção de uma parte do braço curto do cromossomo 5. Uma das características desta doença é que todos nascem com microcefalia craniana. Com este estudo foi possível verificar um perfil característico no metabolismo de 18 portadores em relação aos irmãos que não possuem SCDC. Objetivo do entendimento proteômico/lipodômico/metabolômico é que conhecido o metabolismo e a bioquímica em geral, poderá fornecer informações especificas para o controle das alterações de portadores com microcefalias em geral. Se conhecidos estas alterações metabólicas logo ao nascer será mais produtivo o controle quer por alimentação ou farmacológica destes pacientes. Frente a este cenário pretendemos avaliar perfil metabolômico, lipidômico e proteômico de um conjunto de quarenta recém nascidos (30 meninos e 30 meninas) cuja a microcefalia foi causada pela exposição da mãe ao Zika vírus. Serão 15 portadores e 15 não portadores em cada gênero. As amostras de sangue e urina dos pacientes com diagnostico clínico de microcefalia serão obtidas, após a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, dos pais, devidamente aprovado pelo comitê de ética da UNIFESP (a ser submetido após a aprovação do projeto). Para a análise proteômica e metabolômica, as amostras serão tratadas, e em seguida analisadas nos seguintes equipamentos: eletroforese capilar (CE) e Cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas (HPLC-MS/MS). HPLC-MicroOTOF, ESI-nanoLC/MS/MS e MALDI-nanoLC/MS/MS. Equipamentos estes instalados na EPM/UNIFESP, Laboratório Multiusuário de Espectrometria de Massas Aplicadas a Análises (LEMBio), onde eu sou um dos coordenadores. As duas formas de ionização são necessárias para uma maior identificação de metabolitos e proteínas. Assim, buscaremos um entendimento mais profundo do processo patológico (proteômica/metabolômica), podendo conduzir a biomarcadores que podem ser úteis no diagnóstico/prognóstico, tendo assim uma melhora do tratamento, através de novas abordagens terapêuticas futuras.

Coordenador(a): Prof(a). Nilson Antonio de Assunção

Estudo-Piloto para a Implantação de uma Rede Brasileira de Vigilância de Resistência Antimicrobiana em Saúde Única

Descrição: A resistência antimicrobiana tem sido reconhecida como uma das mais graves ameaças globais à saúde humana no século XXI. O uso de antimicrobianos na medicina humana, na agricultura e na pecuária têm contribuído para a seleção de bactérias multirresistentes. Embora comumente detectadas no ambiente hospitalar, bactérias multirresistentes também têm sido detectadas em outros nichos ecológicos. No Brasil, a ocorrência de cepas produtoras de carbapenemases do tipo KPC-2, SPM-1 ou NDM-1 tem sido relatada em esgoto bruto, rios impactados por esgoto e águas costeiras. As consequências da contaminação da água e do solo por bactérias que carreiam genes codificadores de carbapenemases ainda são desconhecidas, mas poderiam levar à contaminação dos alimentos, animais de produção e à aquisição de infecções comunitárias causadas por estas bactérias. A epidemiologia da resistência bacteriana aos antimicrobianos é complexa e tem sido amplamente reconhecida a importância de um sistema de vigilância integrado baseado no conceito One-Health - Saúde Única. Vários estudos brasileiros têm reportado a frequência, os fenótipos e genótipos de bactérias resistentes em isolados de origem humana, de distintos animais, incluindo animais selvagens, de produção e de estimação, bem como de alimentos e do meio ambiente. Entretanto, até onde é do nosso conhecimento, nenhum estudo coletou, prospectivamente e simultaneamente, isolados de humanos, de animais e do ambiente sob a perspectiva de uma vigilância integrada em saúde única. Com o objetivo de estimar a frequência de E. coli e K. pneumoniae resistentes às cefalosporinas de amplo espectro e carbapenêmicos, estabelecemos uma rede colaborativa com grupos de pesquisa das cinco regiões geográficas brasileiras para obtenção de amostras de humanos saudáveis e doentes, animais de produção, alimento e do meio ambiente sob o mesmo critério de inclusão e metodologia de avaliação. Desta maneira, pretendemos que a experiência acumulada por esse projeto piloto sirva como um futuro modelo para a implementação de um sistema de vigilância integrado brasileiro baseado em saúde única. Também esperamos contribuir para a melhor compreensão das características da microbiota gastrointestinal que possam predispor à colonização por bactérias multirresistentes por meio da realização do metagenoma das fezes de humanos e animais colonizados e/ou infectados por isolados produtores de ESβL e/ou carbapenemases comparados àqueles de humanos e animais não colonizados.

Coordenador(a): Prof(a). Ana Cristina Gales

Estudos e Aconselhamento a famílias de Portadores de Cri Du Chat

Descrição: Este consiste de dois objetivos: um o aconselhamento e outro o estudo bioquímico. O aconselhamento e troca de informação com as famílias portadores de Cri Du Chat, ocorre em parceria do núcleo (http://www.portalcriduchat.com.br/novo/). O objetivo bioquímico do presente trabalho é avaliar o perfil proteômico e metabolômico das amostras de plasma, saliva e urina de pacientes com síndrome de Cri Du Chat e comparar com perfil de indivíduos saudáveis. Anualmente nosso grupo de pesquisa participa do encontro anual onde compartilhamos informações cientificas com as famílias e sobre a vida e cotidiano das famílias de portadores de cri du chat.

Coordenador(a): Prof(a). Nilson Antonio de Assunção

Eventos adversos respiratórias em cirurgias não cardíacas e não torácicas

Descrição: Evento adverso respiratório é a maior classe de complicações em anestesia, sendo associada a alta mortalidade. Sendo assim, torna-se imperativo a identificação dos fatores de riscos que se associam com estas complicações. Este estudo busca identificar os principais fatores de risco para a ocorrência das complicações respiratórias no intraoperatório. Estudo descritivo retrospectivo com análise dos relatórios de anestesias realizadas em um complexo hospitalar universitário da cidade de São Paulo no período de 6 anos. Foram considerados como eventos adversos respiratórios no intraoperatório a presença de broncoespasmo, apneia, dispneia, hipoventilação, hipóxia, pneumotórax, reintubação ou desintubação acidental. Um total de 43.383 anestesias para cirurgias não cardíacas e não torácicas foram realizadas em pacientes com idade maior ou igual a 18 anos. Houve 401 (0,92%) anestesias em que houve pelo menos um evento adverso respiratório no intraoperatório.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Fernando dos Reis Falcão

HARMONY Brasil: estudo prospectivo multicêntrico para avaliar a satisfação do participante com a aparência geral da face e o impacto estético e psicossocial do tratamento facial combinado

Descrição: O objetivo principal deste estudo é quantificar o impacto psicológico, social e emocional de um tratamento estético abrangente com um portfólio de produtos Allergan, medindo a mudança na satisfação do participante com a aparência facial desde a linha de base (antes de qualquer tratamento) até a visita ao estudo final (Apêndice 4 FACE-Q: Satisfação com a Aparência Facial). Os produtos da Allergan incluem BOTOX e preenchimentos faciais Juvéderm HA.

Coordenador(a): Prof(a). Ediléia Bagatin

Identificação dos principais componentes do balanço hídrico em pacientes com sepse dependente de vasopressor

Descrição: Projeto avalia os componentes do BH e fatores de risco associados.

Coordenador(a): Prof(a). Flávia Ribeiro Machado

Identificando a Mortalidade Atribuível à Sepse em Pacientes Hospitalizados no Brasil: IMPACTO-MAPA

Descrição: Avaliação da mortalidade atribuída a sepse em diferentes hospitais, multicêntrico, caso controle.

Coordenador(a): Prof(a). Flávia Ribeiro Machado

Impacto da modulação da microbiota intestinal sobre o tempo de glicemia no alvo em pacientes com nível moderado a elevado de estresse e alto risco de desenvolvimento do diabetes

Descrição: A microbiota intestinal tem seu papel reconhecido no desenvolvimento das doenças humanas há mais de mil anos, quando, na China, o transplante de fezes era usado para tratar desordens gastrintestinais. Desde então e até os últimos anos, o microbioma intestinal tem despertado considerável interesse já que sua contribuição para o desenvolvimento de doenças baseia-se na teoria da inflamação crônica secundária à endotoxemia. Neste processo, os fragmentos bacterianos ganham a circulação sistêmica ao atravessarem a barreira intestinal influenciando o estado metabólico do hospedeiro e estimulando o sistema imune inato e a liberação de citocinas pró-inflamatórias. Como consequência, a instalação de um estado inflamatório crônico de baixo grau contribui para desencadear, entre outras alterações metabólicas, o desenvolvimento da resistência à insulina e do Diabetes Tipo 2 (DM2). De uma perspectiva evolucionária, o rápido aumento da prevalência mundial do DM2 está relacionado às mudanças ambientais que tem impacto negativo nos fatores de risco para o desenvolvimento da doença, incluindo a dieta e o sedentarismo. Estas mudanças afetam o ecossistema assim como a ampla variedade de funções que são reguladas por ele, e evidenciam cada vez mais o papel preventivo da microbiota no DM2. De fato, diferenças significativas na composição da microbiota intestinal de diabéticos tem sido observadas, apontando prevalência de um perfil fecal patogênico específico desta população. Além da alimentação, o estresse mental atua diretamente sobre a microbiota intestinal, bem como recebe sua influência, embora os mecanismos precisos ainda não tenham sido descritos. Sendo assim, o objetivo principal do presente estudo será avaliar o impacto da modulação da microbiota intestinal sobre o tempo de glicemia dentro da meta e marcadores de saúde intestinal em pacientes com alto risco de desenvolvimento do diabetes e nível moderado a elevado de estresse. Nossa hipótese é que a intervenção, por meio do uso isolado de probióticos, apesar de eficiente, não seja efetivamente capaz de induzir melhora significativa no controle glicêmico do paciente em estágio de alto risco de desenvolvimento do DM. Acreditamos que o início do tratamento por meio desta intervenção, evoluindo para a mudança na alimentação personalizada, de acordo com os resultados da avaliação de intolerância alimentar., exercerá efeito significativo sobre os marcadores metabólicos e também emocionais. E que, em última instância, ocasionarão no aumento do tempo de permanência dentro do alvo glicêmico, auxiliando de forma efetiva o tratamento clínico desta população sob alto risco de desenvolvimento de DM. É importante ressaltar que este estudo será pioneiro, já que não existem dados na literatura acerca do impacto da intervenção alimentar personalizada, associada ou não ao uso de probióticos, em pacientes com alto risco de desenvolvimento de DM (pré-diabéticos) sobre o tempo de permanência no alvo glicêmico, avaliado por meio do sistema cego de monitorização contínua de glicose.

Coordenador(a): Prof(a). Tatiana de Sousa da Cunha Uchiyama

Impacto do isolamento social decorrente da pandemia de COVID 19 nos níveis de atividade física, ansiedade e depressão

Descrição: O objetivo do projeto é avaliar se o isolamento social, adotado como medida de enfrentamento da atual pandemia de COVID-19, está impactando de alguma forma o nível de atividade física da população brasileira e se este impacto está associado com os níveis de ansiedade e/ou depressão da população.

Coordenador(a): Prof(a). Marilia dos Santos Andrade

Impacto do tratamento farmacológico e do treinamento físico combinado nas alterações renais associadas à hipertensão experimental: papel da variabilidade da pressão arterial

Descrição: As doenças crônicas não transmissíveis são as principais causas de morbidade e mortalidade em todo mundo, dentre elas, estão as doenças cardiovasculares. Entre os fatores de risco associados à essas doenças, estão a inatividade física e a hipertensão arterial sistêmica (HAS). A HAS é responsável por promover dano renal, sendo uma das principais causas de doença renal crônica. Sabe-se que a disfunção autonômica, com aumento da variabilidade da pressão arterial (VPA), a inflamação e o estresse oxidativo exercem papel importante na fisiopatologia da HAS, bem como na lesão de órgãos-alvo como os rins. Neste sentido, as diretrizes para o controle da HAS preconizam terapias farmacológicas anti-hipertensivas e o treinamento físico pelos efeitos benéficos demostrados em estudos na redução da pressão arterial (PA) e de disfunções associadas destas terapias usadas de forma isolada. No entanto, os efeitos da associação destes dois tipos de terapia, desejado no manejo da HAS, foram muito pouco estudados, principalmente no que se refere ao impacto sobre o dano renal. Desta forma, o objetivo deste projeto será investigar os efeitos do treinamento físico combinado de moderada intensidade associado a terapias farmacológicas anti-hipertensivas em parâmetros morfofuncionais, inflamatórios e de estresse oxidativo renais, bem como na VPA em ambos os sexos de um modelo experimental de hipertensão arterial.

Coordenador(a): Prof(a). Katia de Angelis Lobo D Avila

Impacto do uso de aspirina na intensidade da disfunção orgânica de pacientes com sepse e choque séptico: um estudo randomizado, duplo-cego, placebo-controlado - Aspirin for Patients with Sepsis (AsP Sepsis)

Descrição: Estudo randomizado, pragmático, multicêntrico, com cegamento de pacientes e equipe de saúde.

Coordenador(a): Prof(a). Flávia Ribeiro Machado

Impacto dos desastres de mineração sobre o sistema único de saúde

Descrição: O estudo de populações que sofreram rompimento de barragem busca compreender como esses desastres podem estar desencadeando morbidades e comorbidades nas comunidades atingidas. Neste estudo procuramos entender como os serviços de internação e atendimento ambulatorial foram alterados pelo desastre, além de sua implicação nos gastos em saúde no Sistema Único de Saúde (SUS).

Coordenador(a): Prof(a). Paola Zucchi

Indicadores Estratégicos para Gestão Hospitalar

Descrição: Análise de indicadores estratégicos que auxiliam na gestão visando melhor atendimento com bom custo/benefício no sistema hospitalar.

Coordenador(a): Prof(a). Márcia Mello Costa De Liberal

Investigação do potencial despigmentante de derivados de produtos naturais

Descrição: Investigação do potencial despigmentante de derivados de produtos naturais.

Coordenador(a): Prof(a). João Paulo dos Santos Fernandes

Investigação e Tratamento dos Distúrbios do Sono

Descrição: O objetivo é investigar os mais diversos distúrbios do sono e seus impactos na qualidade de vida das pessoas, bem como estudar alternativas de tratamento.

Coordenador(a): Prof(a). Gilmar Fernandes do Prado

Manifestações dermatológicas associadas à Covid-19

Descrição: Com a emergência de uma nova doença causada por um novo vírus SARS-CoV2, observam-se além de manifestações sistêmicas, alterações no tegumento. A prevalência das dermatoses varia de 0,2% a 20,4%, sendo descritos diferentes padrões de apresentação clínica. Os pacientes que requerem hospitalização em geral são submetidos a diversas terapias, assim farmacodermias podem ser um fator confundidor. Outro questionamento é se as alterações da pele poderiam ser um biomarcador da doença ou da sua gravidade.

Coordenador(a): Prof(a). Jane Tomimori

Mecanismos moleculares envolvidos na resposta inflamatória pulmonar induzida por LPS na geração F2 de ratos com baixo peso ao nascer

Descrição: Tem sido extensamente demonstrado que fatores ambientais adversos no período pré-natal causam modificações no padrão normal de crescimento e desenvolvimento do feto, levando a um fenótipo, na vida adulta, mais susceptível a doenças, como hipertensão, intolerância a glicose, resistência insulínica, hiperlipidemia, hiperinsulinemia, obesidade, doença pulmonar obstrutiva crônica, entre outros. De fato, a falha no suprimento materno-placental em satisfazer as necessidades nutricionais do feto acarreta uma série de adaptações fetais, e podem induzir mudanças permanentes na estrutura corpórea e no metabolismo. Embora estas adaptações sejam benéficas a curto prazo, as mudanças permanentes por elas causadas levam a doenças cardiovasculares e metabólicas na vida adulta. Em trabalhos anteriores, nosso grupo demonstrou que a desnutrição intrauterina global acarretou, em ratos Wistar, hipocelularidade na medula óssea e no sangue periférico. Além disso, a redução na expressão de moléculas de adesão, de elementos na matriz extracelular e na geração de mediadores inflamatórios, causou redução na migração de leucócitos nestes animais. Neste mesmo modelo, também observamos redução da inflamação alérgica pulmonar induzida por ovalbumina. Na inflamação pulmonar os leucócitos que migram para o pulmão são fundamentais na indução e resolução do processo inflamatório mas podem também ser importantes efetores de lesão tecidual. Como exemplo temos a inflamação pulmonar por LPS que representa um modelo de inflamação causada por ativação de receptores tipo toll em macrófagos. A ativação destas células de modo a se tornarem efetoras de lesão envolve sinalização por uma vasta gama de receptores. Sabe-se que fatores genéticos podem favorecer o surgimento de doenças como hipertensão, obesidade e diabetes e que essas patologias estão intimamente relacionadas a componentes da resposta inflamatória. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho é avaliar se a menor resposta inflamatória observada na prole de ratas desnutridas poderia se perpetuar na geração F2 e se as alterações epigenéticas decorrentes da desnutrição global durante todo o período gestacional estaria envolvida no atenuamento da resposta inflamatória observada nestes animais.

Coordenador(a): Prof(a). Richardt Gama Landgraf

Mental Health, Low-income and Socioeconomic Vulnerability in COVID-19 Pandemic: Unequalled Inequality

Descrição: Although literature broadly reports the impact of COVID-19 on global mental health, little is known about the extent of its deleterious impact on the most vulnerable individuals. This study evaluated the level of mental distress of adults with low socioeconomic status.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Metabolomics Untargeted by direct infusion mass spectrometry (DIMS-HESI-ORBTRAP) in the search of new biomarkers for GH deficiency

Descrição: Metabolomics Untargeted by direct infusion mass spectrometry (DIMS-HESI-ORBTRAP) in the search of new biomarkers for GH deficiency.

Coordenador(a): Prof(a). Nilson Antonio de Assunção

Métodos diagnósticos e terapêuticos das hepatites

Descrição: Avaliações clínicas, laboratoriais, epidemiológicas e terapêuticas de portadores de hepatites agudas e crônicas, virais e não virais.

Coordenador(a): Prof(a). Maria Lucia Cardoso Gomes Ferraz

Morningness-Eveningness Questionnaire (MEQ): tradução, adaptação cultural e validação

Descrição: Morningness-Eveningness Questionnaire (MEQ): tradução, adaptação cultural e validação.

Coordenador(a): Prof(a). Luciane Bizari Coin de Carvalho

O impacto da pandemia por covid 19 na qualidade de vida e do trabalho do professor

Descrição: A pandemia por Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) gerou mudanças rápidas ao redor do mundo a fim de conter a disseminação do vírus, como isolamento social e, consequentemente, fechamento de escolas e universidades. A necessidade de uma urgente transição do ensino tradicional para o formato completamente virtual trouxe dúvidas e preocupações sobre estratégias pedagógicas, além de demonstrar barreiras sociais e tecnológicas. Na nossa percepção essa mudança pode ser duradoura na área de medicina, envolvendo novas abordagens na educação médica. Tal como relatado na literatura, a pandemia repercute de forma negativa na saúde mental da população em geral e em profissionais de saúde; entretanto, não há até o momento, estudos com professores universitários da área de medicina. Acreditamos que nesta parcela da população, já com desgaste intelecto-emocional em período sem pandemia, haja, nesta época de adaptações, maior estresse psicológico e pressão profissional. O presente estudo, portanto, identificará os desafios, as lições de aprendizado e o bem estar desses professores nesse território desconhecido para compreender o impacto da pandemia nesta população.

Coordenador(a): Prof(a). Samira Yarak

O papel do polimorfismo genético do EGF+61 no risco e prognóstico no adenocarcinoma do cólon (gene-colon study)

Descrição: A neoplasia do cólon é bastante frequente nos homens e nas mulheres a nível mundial, no Brasil e especificamente em São Paulo. Sabe-se atualmente que o componente hereditário associado a dieta rica em gorduras e o estilo de vida sedentário podem estar associados ao desenvolvimento dessas neoplasias, nomeadamente, nos indivíduos com instabilidade microssatélite e síndrome de Lynch. Além disso, alguns polimorfismos genéticos (SNPs) podem estar associado ao desenvolvimento de neoplasias de origem epitelial, como é o caso do polimorfismo do fator de crescimento epidérmico (EGF+61 A/G), que já foi estudo pelo nosso grupo na População Portuguesa nos gliomas e neoplasias do pulmão, proporcionando um fator aditivo de susceptibilidade dessas neoplasias. Na literatura internacional, ainda existem poucos estudos e com resultados controversos, não havendo evidência nas neoplasias do cólon. No Brasil e em São Paulo, o papel deste SNP não foi até então estudado na susceptibilidade a essas neoplasias, podendo representar um potencial novo biomarcador de risco e prognóstico nessa doença; e assim, servir de apoio ao oncologista clínico na tomada de decisão. Dessa forma, o nosso estudo busca identificar o papel dos polimorfismos do EGF+61 A/G no risco e prognóstico de doentes com neoplasia do colon com amostras de pacientes tratados na UNIFESP.

Coordenador(a): Prof(a). Ramon Andrade Bezerra de Mello

O treinamento físico na prevenção de danos renais causados pela dieta hiperlipídica e o papel do estresse de retículo endoplasmático

Descrição: O treinamento físico na prevenção de danos renais causados pela dieta hiperlipídica e o papel do estresse de retículo endoplasmático.

Coordenador(a): Prof(a). Vera de Moura Azevedo Farah

Omecamtiv Mecarbil in Heart Failure

Descrição: Omecamtiv Mecarbil in Heart Failure.

Coordenador(a): Prof(a). Renato Delascio Lopes

Organogéis termossensíveis como estratégias para o tratamento de processos inflamatórios: da estrutura supramolecular à avaliação farmacológica

Descrição: A via tópica oferece inúmeras vantagens quando comparada às vias tradicionais como liberação local de fármaco, fácil aplicação e adesão dos pacientes, evita a biotransformação de primeira passagem. Porém, a complexidade estrutural do estrato córneo é uma das principais limitações à absorção de fármacos. Por outro lado, alterações morfofuncionais no estrato córneo são responsáveis por desencadear a síntese e a liberação de citocinas inflamatórias, evidenciando o quadro clínico de uma das dermatoses inflamatórias crônicas mais incidentes, a Dermatite Atópica (DA), objeto de estudo dessa proposta. Em vista das alterações cutâneas complexas, ressalta-se a necessidade de avaliar a efetividade de dois fitoquímicos, como o sulforafano (SFN) e a curcumina (CUR), para o tratamento dessa patologia bem como desenvolver novos sistemas carreadores que permitam disponibilizá-las ao local de ação. A abordagem biotecnológica desta proposta refere-se ao desenvolvimento de diferentes formulações de organogéis lipídio-poloxâmeros, sistemas coloidais nanoestruturados que apresentam uma fase oleosa dispersa em uma fase aquosa, como estratégias para aplicação de fitoquímicos na pele. As diferentes composições propostas como fase oleosa foram delineadas para permitirem a incorporação de altas concentrações de moléculas hidrofóbicas (como é o caso da CUR), bem como promovem a modulação da velocidade de permeação de moléculas anfifílicas (como o SFN). Um dos fatores diferenciais da proposta é a utilização de fase aquosa constituída por sistemas binários com poloxâmeros (PL) que apresentam diferentes valores de balanços hidrofílico-lipofílico, sendo possível investigar a organização supramolecular desses sistemas por técnicas físico-químicas de alta resolução (como SANS, por exemplo). Ademais, a alta capacidade de adesão dos organogéis à pele, formando um filme uniforme, aumenta o tempo de contato da formulação com o local de aplicação. Em conjunto, os fatores aqui apresentados ressaltam a necessidade de investigações quanto à caracterização físico-química dos organogéis e suas interações com os componentes lipídicos e proteicos do estrato córneo, possibilitando o estudo da relação entre os mecanismos de permeação dos fármacos e as possíveis alterações estruturais observadas no estrato córneo. Além dos ensaios físico-químicos, a avaliação da biocompatibilidade, dos mecanismos moleculares e dos efeitos farmacológicos em modelos in vitro e in vivo, que mimetizam as alterações cutâneas na presença de Dermatite Atópica, ressaltam o potencial farmacoterapêutico e de inovação tecnológica da proposta.

Coordenador(a): Prof(a). Daniele Ribeiro de Araujo

Papel da microbiota pulmonar na progressão da doença pulmonar obstrutiva crônica

Descrição: A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é definida como entidade clínica caracterizada por obstrução ao fluxo aéreo não totalmente reversível, progressiva e está associada à resposta inflamatória anormal dos pulmões à inalação de partículas ou gases tóxicos, tendo como principal fator etiológico o tabagismo. Embora comprometa os pulmões, a DPOC também produz consequências sistêmicas significativas, e está entre as principais causas de mortalidade e morbidade em todo o mundo. A DPOC não possui tratamento específico, sendo adotada o mesmo tratamento farmacológico de pacientes com asma. Vários fatores causadores e mecanismos subjacentes associados à progressão da doença ainda não são totalmente compreendidos. O microbioma humano é um desses fatores, que não só tem um papel fundamental na manutenção da saúde, mas também na regulação de várias vias inflamatórias e metabólicas em uma variedade de condições. As associações entre o microbioma do pulmão e do intestino, bem como as células do sistema imunológico e os mediadores que podem ligar esses dois locais da mucosa, parecem ser importantes na patogênese das condições pulmonares. Uma melhor compreensão da relação entre microbiota e doença pulmonar, com novas informações e esclarecimentos, seria capaz de ajudar a identificar novos alvos terapêuticos e compreender melhor a interferência da disbiose na progressão da DPOC. O uso de probióticos tem gerado resultados promissores na melhoria das condições inflamatórias e na regulação da imunidade inata. Assim, o presente estudo busca identificar as alterações causadas na microbiota pulmonar com a progressão da DPOC e testar probióticos específicos que tenham relação direta com esse desiquilíbrio, atuando na prevenção da progressão da doença e melhorando a qualidade de vida do paciente.

Coordenador(a): Prof(a). Flávio Aimbire Soares de Carvalho

Papel das interleucinas 17 e 10 (il-17, il-10) na acne da mulher adulta associada ou não a fatores de risco para síndrome metabólica e modificação após tratamento: estudo clínico randomizado e comparativo

Descrição: Esta pesquisa objetiva avaliar quantitativamente as ILs-17 e 10 séricas e, através da imunohistoquímica, sua expressão na pele com lesões de acne e área perilesional, antes e depois do tratamento com ácido azelaico gel ou espironolactona oral. Considerando a AMA como uma doença crônica inflamatória, possivelmente sistêmica, busca-se identificar possível correlação com a síndrome metabólica.

Coordenador(a): Prof(a). Ediléia Bagatin

Papel de aferências musculares ativadas pelo exercício físico para o controle cardiorrespiratório em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica

Descrição: Pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) apresentam intolerância ao exercício físico, que é caracterizada por limitação ventilatória e dispneia, assim como por disfunção de músculos esqueléticos (redução da força, resistência e massa muscular). Visto que as respostas cardiorrespiratórias ao exercício são, em parte, determinadas por reflexos deflagrados pela ativação de fibras aferentes tipo III e IV em músculos esqueléticos, é plausível que a disfunção muscular na DPOC seja acompanhada por alteração em reflexos musculares, o que, no entanto, ainda não é bem conhecido. Portanto, o objetivo deste projeto é investigar o papel de aferências musculares ativadas pelo exercício físico para o controle cardiorrespiratório em pacientes com DPOC. Além disso, serão investigados mecanismos moleculares possivelmente envolvidos na ativação de aferências musculares em pacientes com DPOC, a partir da análise da expressão gênica de enzimas, canais e receptores, em amostra de tecido muscular coletada por biopsia. Por fim, será investigada a associação entre respostas cardiorrespiratórias geradas pela ativação das aferências musculares, e a expressão gênica de mecanismos envolvidos na ativação de aferências musculares, com a capacidade de exercício físico, dispneia e a qualidade de vida em pacientes com DPOC. Portanto, as informações geradas poderão contribuir para melhorar o entendimento da fisiopatologia da intolerância ao exercício em pacientes com DPOC, as quais então poderão nortear, por exemplo, tratamento farmacológico específico e reabilitação com ênfase em treinamento com exercícios físicos.

Coordenador(a): Prof(a). Bruno Moreira Silva

Papel do estresse oxidativo pulmonar como alvo terapêutico dos probióticos Lactobacillus rhamnosus e Bifidobacterium breve em modelo experimental de doença pulmonar obstrutiva crônica

Descrição: A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma síndrome caracterizada pela destruição do parênquima pulmonar, com redução da ventilação e da perfusão pulmonar e comprometimento da capacidade de trocas gasosas. Os pacientes são diagnosticados como portadores de bronquite crônica ou enfisema pulmonar. Um agravante na DPOC é que, embora a terapia medicamentosa seja a primeira opção de tratamento, principalmente com os corticóides e broncodilatadores, esses fármacos apresentam pouco efeito sobre os pacientes enfisematosos, e não são capazes de atenuar de forma eficaz os sintomas da doença. Além disso, o tratamento farmacológico convencional apresenta efeitos colaterais graves. Por esse motivo, a DPOC tem um alto índice de morbidade e mortalidade, e se insere entre as principais causas de internação e de gastos com medicamentos no sistema de saúde pública. A reposta inflamatória em pacientes enfisematosos se dá pela exposição crônica às partículas ou gases nocivos, e nesse sentido o tabagismo é uma das principais causas de DPOC. A resposta inflamatória exacerbada das vias aéreas na DPOC é caracterizada pela presença de células inflamatórias e da secreção de mediadores pró-inflamatórios no microambiente pulmonar. Atualmente é reconhecido que a progressão da destruição alveolar na DPOC, ainda que o indivíduo enfisematoso cesse de fumar, está diretamente relacionada ao aumento do metabolismo do estresse oxidativo em células epiteliais brônquicas, e inflamatórias, tais como, neutrófilos e macrófagos alveolares. Essas células quando ativadas pela fumaça de cigarro secretam citocinas, quimiocinas, proteases e radicais livres. Isso resulta em hipersecreção de muco, perda da elasticidade pulmonar, e detruição dos alvéolos devido às alterações no equilíbrio entre a atividade de enzimas pró- e antioxidantes no pulmão. Nessas condições, um crescente número de estudos tem demonstrado que a suplementação com probióticos na dieta pode ter um potencial benéfico para reduzir a inflamação de doenças crônicas pulmonares, sem apresentar efeitos colaterais. Considerando que o desequilíbrio entre as respostas pró- e antioxidantes na exacerbação do estresse oxidativo é fundamental para a progressão e manutençao da DPOC, há interesse em compreender se os probióticos são capazes de agir como antioxidantes nessa doença. Nesse sentido, o presente projeto visa investigar o efeito dos probióticos Lactobacillus rhamnosus e Bifidobacterium breve sobre os mecanismos celulares e moleculares envolvidos no estresse oxidativo pulmonar em modelo experimental de DPOC.

Coordenador(a): Prof(a). Flávio Aimbire Soares de Carvalho

Papel do receptor adrenérgico beta 3 em animais induzidos ao infarto agudo do miocárdio

Descrição: Entre as doenças cardiovasculares, a de maior incidência é a doença arterial coronariana (DAC) cujas principais manifestações clínicas são a angina pectoris, o infarto agudo do miocárdio (IAM) e a morte súbita. Estudos com modelos experimentais submetidos à Oclusão Coronariana (OC) mostraram o quadro de IAM apresenta disfunção autonômica, alteração barorreflexa, remodelamento cardíaco, aumento de citocinas pró inflamatórias e até mesmo intolerância ao exercicio físico e até mesmo insuficiência cardíaca, patologias cardíacas, como IAM, insuficiência cardíaca e cardiomiopatia resultam em alterações agudas e crônicas secundárias no SNA. As alterações hemodinâmicas que ocorrem como consequência dessas condições causam uma cascata de mudanças na atividade neurohumoral no sistema cardiovascular, vascular periférico e renal que afetam diretamente na atividade beta adrenérgica. Estudos recentes vêm mostrando que o adrenoreceptor beta 3 (β3AR) tem efeito cardioprotetor no sistema cardiovascular em situações patológicas. Contudo, o papel do β3AR no quadro de IAM ainda é pouco abordado. Pensando nisso, o objetivo do trabalho é avaliar o papel do β3AR em animais nocaute para este receptor induzidos ao IAM. Para isso avaliaremos parâmetros de alterações morfológicas por histologia, expressão gênicas por PCR em tempo real, da função autonômica por analise espectral, marcadores inflamatórios por ELISA, função cardíaca por Ecocardiograma e medidas de parâmetros de estresse oxidativo no ventrículo esquerdo.

Coordenador(a): Prof(a). Vera de Moura Azevedo Farah

Papel do SARS-Cov-2 e o efeito do probiótico Lactobacillus rhamnosus sobre a exacerbação da resposta imune e inflamatória em linhagem de células humanas de epitélio brônquico e de macrófagos alveolares expostas à fumaça de cigarro: Relevância da COVID-19

Descrição: Atualmente vivemos a pandemia da COVID-19, e os indivíduos uma vez infectados são acometidos por sintomas que variam desde uma gripe acompanhada de febre até a síndrome respiratória aguda severa (SARS), e essa última condição tem elevado a taxa de mortalidade em todo mundo, principalmente no grupo de indivíduos portadores de doença inflamatória crônica, dentre elas a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). A infecção viral exacerba a resposta imune e inflamatória pulmonar na DPOC, e por isso os sintomas da DPOC se agravam. Além de ser uma das principais causas de morte no mundo, a DPOC afeta a qualidade de vida e progressivamente causa incapacidade física, gerando um grande impacto econômico e social. A COVID-19 agrava esse quadro porque exacerba a DPOC desencadeando um microambiente pulmonar com secreção exagerada de mediadores pró-inflamatórios tão bem quanto de fibras de colágeno, gerando um remodelamento tecidual que compromete a complacência pulmonar de indivíduos enfisematosos. A exacerbação da DPOC durante a COVID-19 pode ser devido à afinidade do vírus pelas células estruturais e inflamatórias residentes no pulmão. Dessa forma, as células responsáveis pelo primeiro contato com o vírus, tais como, os macrófagos alveolares e as células epiteliais das vias aéreas são fundamentais para o reconhecimento do vírus na célula-hospedeira e para o desencadeamento da resposta inflamatória pulmonar. Essas células possuem receptores proteicos que sinalizam o reconhecimento do vírus nas vias aéreas e no pulmão, e assim desencadeiam a exacerbação da resposta imune e inflamatória na DPOC. Dessa forma, essas células são alvos para o controle da exacerbação da DPOC pela COVID-19. Dessa forma, o estudo da sinalização celular induzida pelo coronavírus-19 no epitélio brônquico e nos macrófagos alveolares expostos à fumaça de cigarro contribuirá para a compreensão de como o coronavírus pode exacerbar a DPOC. A DPOC e sua exacerbação não possuem tratamento específico e, mesmo atualmente, a abordagem farmacológica é o uso de corticóides, que na prática é pouco eficaz nestes pacientes e apresenta importantes efeitos colaterais. O efeito imunomodulador dos probióticos têm sido descrito tanto em modelos in vivo de inflamação pulmonar quanto em estudos clínicos de pacientes acometidos de asma, pneumonia, e fibrose cística e DPOC. No entanto não há dados a respeito do efeito do Lactobacillus rhamnosus sobre a exacerbação da DPOC induzida pelo SARS-Cov-2. Nesse contexto, investigaremos o efeito do probiótico L. rhamnosus sobre a resposta inflamatória do epitélio brônquico e dos macrófagos alveolares expostos à fumaça de cigarro e ao SARS-Cov-2.

Coordenador(a): Prof(a). Flávio Aimbire Soares de Carvalho

Parceria internacional para avaliação da heterogeneidade genética de isolados clínicos de Trichosporon sp. e seu impacto na taxonomia, biologia e identificação de espécies

Descrição: Parceria internacional para avaliação da heterogeneidade genética de isolados clínicos de Trichosporon sp. e seu impacto na taxonomia, biologia e identificação de espécies.

Coordenador(a): Prof(a). Arnaldo Lopes Colombo

Prevalência da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e de eosinófilos em pacientes do atendimento primário

Descrição: Este Projeto tem por finalidade estudar a prevalência da DPOC na atenção primária em seis centros de diferentes cidades e estados do Brasil, com amostra calculada de 2.040 pacientes. O Projeto iniciou a coleta de pacientes em julho de 2019 em três centros (Poro Alegre, Londrina e Araraquara) e até o momento já avaliou 560 pacientes. Em março de 2020 iniciam os outros três centros (Brasília, Botucatu e Uberlândia). Estima-se que em julho de 2020 a amostra total será avaliada. Está sendo colhido o hemograma dos pacientes para ser avaliada a porcentagem dos eosinófilos em pacientes com DPOC e no grupo Não-DPOC.

Coordenador(a): Prof(a). José Roberto de Brito Jardim

Projeto de Eliminação da Hepatite C nas Unidades de Diálise brasileiras

Descrição: Projeto financiado pela Abbvie Farmacêutica.

Coordenador(a): Prof(a). Maria Lucia Cardoso Gomes Ferraz

Qualidade de vida em doenças específicas

Descrição: A avaliação de qualidade de vida tem se tornado um parâmetro cada vez mais utilizado e valorizado em pesquisa clínica, como tem orientado nos últimos anos decisões dos próprios profissionais da saúde e pacientes. Na avaliação de intervenções para a melhoria do estado de saúde, a qualidade de vida pode refletir aspectos que não eram analisados anteriormente, cuja ênfase era dada somente aos aspectos clínicos e laboratoriais, parâmetros estes que não permitiam a avaliação do ponto.

Coordenador(a): Prof(a). José Roberto de Brito Jardim

Quantificação da População de Micropartículas de Origem Endotelial Circulantes Purificadas do Plasma e Análise do seu Perfil de miRNAs: Avaliação do impacto sobre a inter-relação entre o peso ao nascer, níveis pressóricos e função endotelial em crianças

Descrição: Diversos estudos clínicos têm demonstrando consistentemente que o baixo peso ao nascer pode contribuir para o desenvolvimento tardio de doenças cardiovasculares. Embora os fatores envolvidos neste efeito ainda não se encontrem totalmente elucidados, estudos na literatura já demonstraram correlação entre o baixo peso ao nascer e a elevação dos níveis pressóricos, redução na complacência vascular, vasculogênese incompleta caracterizada por rarefação microvascular e alteração da capacidade moduladora da célula endotelial. Nos últimos anos há uma busca por biomarcadores de lesão vascular e as células progenitoras endoteliais, bem como, as micropartículas de origem endotelial surgem como possíveis candidatas. Recentemente, observamos que as crianças com histórico de baixo peso ao nascer apresentam menor número de células progenitoras endoteliais, além de menor funcionalidade dessas células. Contudo, pouco se sabe sobre a relação entre as micropartículas de origem endotelial e o peso ao nascer. É sabido que essas micropartículas podem ocasionar respostas agudas resultantes da liberação de diversos fatores, ou repostas crônicas resultado de alterações na expressão de genes envolvidos na regulação da estrutura e funcionalidade do endotélio vascular. Portanto, as micropartículas de origem endotelial poderiam desempenhar um papel importante na disfunção endotelial observada em crianças com baixo peso ao nascer. Diante do exposto acima o presente projeto pretende quantificar a população de micropartículas de origem endotelial purificadas do plasma de crianças com idade entre 6 e 12 anos e correlacionar esse achado com o peso ao nascer, parâmetros antropométricos, níveis pressóricos, concentração de óxido nitríco e a função endotelial. Além disso, iremos pesquisar os padrões de expressão de miRNAS presentes nas micropartículas de origem endotelial isoladas de crianças com baixo peso ao nascer e comparar com aquelas que nasceram com o peso apropriado. O tema do presente projeto é atual e de grande relevância, considerando-se a prevalência do baixo peso ao nascer e devido ao fato de que essas crianças estão sendo expostas precocemente á elevação dos níveis pressóricos e a outras doenças vasculares assintomáticas e de efeitos devastadores.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Rastreamento populacional de famílias com predisposição de câncer gastrointestinal hereditário

Descrição: Os cânceres gastrointestinais são responsáveis por grande parte dos tumores humanos e uma porcentagem entre 5 a 10% desses casos, estão associados às mutações herdadas. Estudos que identificam perfis epidemiológicos são importantes dentro das políticas de saúde, pois os dados estatísticos nos permitem identificar populações, fatores de risco e a forma de combatê-los de maneira mais efetiva. Atualmente, existem poucos estudos epidemiológicos referentes ao câncer, principalmente aos que dizem respeito às síndromes gastrointestinais hereditárias. Sendo assim, o presente estudo torna-se relevante, pois a identificação de um indivíduo afetado, é também fundamental para a identificação dos familiares em risco e sua inclusão em programas de prevenção, rastreamento ou aconselhamento genético. Este histórico favorece o diagnóstico precoce do indivíduo com maior chance de cura e sobrevida, uma vez que, possibilita a intervenção em suas fases iniciais, quando o tratamento, geralmente, é mais efetivo.

Coordenador(a): Prof(a). Nora Manoukian Forones

Reações adversas aos preenchedores cutâneos na face. Revisão sistemática na literatura de série e relatos de casos

Descrição: O uso do preenchedor é uma ferramenta importante no tratamento do envelhecimento facial. O preenchimento cutâneo é um procedimento cirúrgico considerado minimamente invasivo, podendo ser realizado no nível ambulatorial, com menor down-time e menor custo em relação à cirurgia plástica. O paciente observa a diferença imediatamente após o procedimento, colaborando com sua satisfação e melhora da autoestima. Por esta razão, um crescimento exponencial do seu uso tem sido observado nos últimos anos. A Sociedade Americana de Cirurgia Plástica relata um aumento de 652.888 procedimentos de preenchimento de tecidos moles em 2000 para 2.691.265 em 2017. Entretanto, à medida em que as indicações, o número de produtos comercialmente disponíveis e o número de procedimentos realizados aumentam, há proporcionalmente um aumento do risco de reações adversas a esses materiais injetáveis. Dermatologistas, cirurgiões plásticos e pacientes precisam estar cientes de todas as possíveis reações adversas, sua frequência e probabilidade. Reconhecê-las prontamente é o primeiro passo para uma abordagem precoce e eficaz para o paciente. A presente revisão sistemática pretende fazer um levantamento e análise de todas as reações adversas não vasculares que estão relacionadas à esse procedimento estético na face de pacientes hígidos.

Coordenador(a): Prof(a). Samira Yarak

Rede multidisciplinar internacional para caracterização de aspectos microbiológicos e da história natural de Infecções Fúngicas Invasivas (IFI) por espécies do gênero Candida

Descrição: Infecções de Corrente Sanguínea (ICSs) por Candida spp. representam hoje um problema de saúde pública em todo o mundo, em particular no Brasil, onde ao lado de alta incidência esta complicação infecciosa apresenta taxas de mortalidade global da ordem de 50 a 70%. Ampliar o conhecimento de aspectos relacionados à epidemiologia e patogênese destas infecções, incluindo aquelas causadas por patógenos emergentes, é etapa fundamental para estabelecermos estratégias mais eficientes para o diagnóstico, controle e tratamento de Candidemia. Neste contexto, estabelecemos uma rede multidisciplinar e internacional de investigadores para estudar os seguintes aspectos: 1) epidemiologia das infecções de corrente sanguínea por Candida em centros médicos do Brasil e América Latina; 2) avaliação da ocorrência de disseminação clonal de cepas de espécies prevalentes de Candida em amostras de hemocultivo obtidas de pacientes internados em hospitais terciários do Brasil e Espanha; 3) epidemiologia das infecções invasivas por espécies crípticas de Candida e desenvolvimento de estratégias para sua identificação; 4) mecanismos de virulência e patogenicidade expressos por cepas de C. albicans ao longo de episódios de Candidemia persistente; 5) prevalência de resistência de Candida spp. a antifúngicos e mecanismos moleculares envolvidos. Utilizaremos dados clínicos, epidemiológicos e microbiológicos de mais de 2.000 episódios de Fungemia coletados ao longo de estudos de colaboração envolvendo 21 centros médicos no Brasil e América Latina. A identificação de espécies de Candida envolverá técnicas de sequenciamento da região ITS de rDNA, obtendo-se ainda a análise do perfil proteico por técnica de MALDI-TOF MS. A tipagem molecular para caracterização de disseminação clonal de cepas de Candida no ambiente hospitalar será feita por técnica de microssatélites ou AFLP (Amplified Fragment Length Polymorphism), na dependência das espécies envolvidas. O perfil genômico e transcriptômico de isolados de C. albicans obtidos de episódios de Fungemia persistente será analisado para caracterização de fatores de virulência. A triagem de cepas resistentes a antifúngicos será realizada por ensaios de microdiluição em caldo (CLSI), sendo que isolados com valores de CIMs acima do ECV (valor de cutoff epidemiológico) serão investigados em relação a presença de mutações nos genes ERG11, FKS1 e FKS2, expressão de bombas de efluxo e instabilidade genética em genes reparadores de mutações, na dependência do padrão de resistência encontrado. Ao final, esperamos consolidar nossa rede de colaboração com centros de pesquisa no Brasil e no exterior, trabalhando em conjunto com 8 pesquisadores de 3 diferentes continentes para esclarecer aspectos relevantes da história natural de infecções causadas por diferentes espécies de Candida, validar novas estratégias diagnósticas e ampliar o conhecimento sobre mecanismos envolvidos na patogênese de episódios de Candidemia persistente e sobre os mecanismos moleculares de resistência destes agentes a diferentes antifúngicos.

Coordenador(a): Prof(a). Arnaldo Lopes Colombo

Registro de retratamento de hepatite C em pacientes falhados a DAAs

Descrição: Projeto financiado pela Abbvie Farmacêutica.

Coordenador(a): Prof(a). Maria Lucia Cardoso Gomes Ferraz

Registro Multicêntrico de Hipertensão Arterial Sistêmica na Criança e Adolescente (HASCA)

Descrição: Esse projeto consiste em ações em escolas municipais e estaduais pelo Brasil, realizando medidas antropométricas e de pressão arterial (de acordo com as recomendações das diretrizes nacionais e internacionais) em indivíduos de 6 a 17 anos.

Coordenador(a): Prof(a). Maria do Carmo Pinho Franco

Regulação neuro-endócrina do comportamento e dos processos de aprendizagem e memória

Descrição: O processo que resulta no armazenamento da informação é complexo e depende de inúmeras variáveis. No atual projeto, estamos voltados a compreender o papel que a via de sinalização do hormônio tiroideano e o sistema noradrenérgico desempenham no processo de aquisição, consolidação e evocação da memória. Para tanto, desenvolvemos os seguintes estudos: 1. Funções cognitivas na prole de ratos nascidos de mães com hipotireoidismo gestacional. No presente estudo avaliamos os efeitos comportamentais e cognitivos decorrentes da redução da disponibilidade de T4 materno durante a gestação e estratégias para minimizar os eventuais impactos do hipotiroidismo materno sobre a prole. 2. Rastreamento da presença de polimorfismo da D2 em pacientes com transtornos do neurodesenvolvimento. Entre 12 e 36% da população são homozigotos para um polimorfismo na D2 (Thr92Ala-D2). Estudos mostram correlações positivas entre Thr92Ala-D2 e deficiência intelectual, sugerindo seu envolvimento no desenvolvimento do SNC. Assim, estamos avaliando se a mutação Thr92Ala-D2 impacta o desempenho cognitivo de indivíduos com TEA, Síndrome de Prader-Willi, Síndrome de Down e Síndrome de Williams. 3. Correlação entre o polimorfismo Thr92Ala da enzima iodotironina desiodase do tipo 2 (D2) e comportamento. Baseados nos estudos realizados em humanos, esse estudo tem como objetivo avaliar amplamente as alterações comportamentais e na aquisição e consolidação da memória em camungondos que apresentam a mutação Thr92Ala-D2. 4. Efeito do análogo do hormônio tireoideano seletivo para o TRbeta, GC-1, no cérebro de camundongos 3xTG-AD. Diversos sugerem que o hormônio tireoideano (HT) esteja envolvido em alterações no processamento da proteína precursora amilóide (APP), umas das principais vias envolvidas com o surgimento da Doença de Alzheimer. O análogo do HT seletivo para o TRβ, GC-1, teve a sua estrutura modificada o que resultou na sua ativação apenas no Sistema Nervoso Central (SNC). Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo investigar os efeitos do GC-1 no desenvolvimento das alterações neuropatológicas e na função cognitiva características da DA em camundongos transgênicos 3xTg-AD. 5. Papel dos receptores beta adrenérgicos na formação da memória. Apesar de o glutamato ser o neurotransmissor principal na formação da memória, a noradrenalina (NE) é um importante modulador desse processo. Abordagens farmacológicas sugerem papel importante dos receptores β3 e β2 para consolidação de. No presente estudo, nós iremos avaliar o papel dos receptores β2 e β3 no processo de formação da memória utilizando animais que apresentam nocaute para essas isoformas: camundongos Adrβ2KO e Adrβ3KO.

Coordenador(a): Prof(a). Miriam Oliveira Ribeiro

Sanofi SOTA Outcomes EFC15156

Descrição: Sanofi SOTA Outcomes EFC15156.

Coordenador(a): Prof(a). Renato Delascio Lopes

SBC vai à Escola

Descrição: Esse projeto tem como objetivo desenhar as ações, estruturar o programa de formação dos monitores e formar professores e alunos na rede pública e privada de ensino, alinhando a linguagem para ações multidisciplinares englobando prevenção, doença, controle e tratamento dos fatores de risco cardiovascular.

Coordenador(a): Prof(a). Katia de Angelis Lobo D Avila

SECURE-PCI

Descrição: Statins Evaluation in Coronary procedUres and Revascularization Trial (SECURE-PCI). Um ensaio clínico randomizado multicêntrico avaliando o efeito da atorvastatina em pacientes com síndrome coronariana aguda submetidos à intervenção coronária percutânea.

Coordenador(a): Prof(a). Renato Delascio Lopes

Sepse: mecanismos, alvos terapêuticos e epidemiologia

Descrição: Projeto aborda patogênese e epidemiologia da sepse, com foco no metabolismos e resposta inflamatória.

Coordenador(a): Prof(a). Reinaldo Salomão

Síndrome das Pernas Inquietas: Opções Terapêuticas

Descrição: Estudar opções terapêuticas variadas para Síndrome das Pernas Inquietas, como tratamento com exercícios físicos e uso dos Benzodiazepínicos.

Coordenador(a): Prof(a). Gilmar Fernandes do Prado

Síntese e avaliação biológica de compostos da série LINS01 como agentes pró-cognitivos: uma abordagem multialvo

Descrição: Este projeto objetiva sintetizar e avaliar a atividade de compostos da série LINS01 (diidrobenzofuranil-piperazinas e diidroindol-piperazinas) em ensaios farmacológicos in vitro (afinidade e atividade funcional) nos H3R, H4R, D2R, D3R e AChE. Os compostos serão preparados através de metodologias desenvolvidas pelo grupo, envolvendo os fenóis/anilinas como material de partida para reações de alilação, rearranjo termal, ciclização e alquilação.

Coordenador(a): Prof(a). João Paulo dos Santos Fernandes

Sistema renina angiotensina e calicreína cininas na hipertensão, obesidade, diabetes, desnutrição e sepses: mecanismos moleculares, celulares e fisiopatológicos

Descrição: O sistema renina angiotensina (SRA) é reconhecido como um poderoso determinante da homeostase e da hemodinâmica renal e cardiovascular. A relação entre a fisiologia do SRA e diversas doenças cardiovasculares e renais está longe de ser compreendida. As doenças cardiovasculares são responsáveis pela maior parte das taxas de morbidade e mortalidade na maioria dos países. Dentre os diversos fatores de risco estão os temas aqui abordados neste projeto, a saber, hipertensão, obesidade, diabetes. A influência do SRA sobre as funções cardiovasculares e renais é extremamente ampla e complexa, envolvendo múltiplos mediadores, receptores e mecanismos de sinalização intracelular variados. Este projeto visa dar continuidade e propor novos estudos sobre o papel desse sistema nos processos fisiopatológicos como a hipertensão arterial, obesidade, diabetes, desnutrição e sepses nos temas abaixo relacionados: Marcadores do Sistema Renina Angiotensina na Hipertensão e Obesidade: A associação entre hipertensão, obesidade e diabetes é atualmente um importante problema de saúde pública. O conhecimento de marcadores biológicos que possam ser utilizados no diagnóstico e prognóstico dessas doenças, é de extrema importância para o desenvolvimento e aprimoramento de métodos terapêuticos e profiláticos. Considerando que o Sistema Renina Angiotensina está envolvido nas alterações cardiovasculares e metabólicas evidenciadas em pacientes hipertensos, obesos e diabéticos, nos subprojetos deste tópico, objetivamos avaliar os componentes do SRA e seus polimorfismos em pacientes hipertensos, crianças obesas e crianças de baixo peso corporal ao nascer, situação de risco para doenças cardiovasculares. Nestes estudos será também avaliada a presença da ECA isoforma N-domínio com 90kDa, marcador biológico de hipertensão. Participação do SRA na hipertensão, diabetes, desnutrição e sepse: mecanismos fisiológicos: Considerando que modelos animais constituem uma importante ferramenta experimental para complementar os estudos clínicos e epidemiológicos, nos projetos deste tópico (4 a 9), serão estudados os mecanismos fisiológicos envolvidos na associação entre o SRA e as alterações cardiovasculares observadas na hipertensão, diabetes, desnutrição e sepse, utilizando animais de laboratório. Neste tópico estudares a influência da dieta, do estresse, da atividade simpática e do controle glicêmico sobre o SRA. Participação do SRA no diabetes, hipertensão e desnutrição: mecanismos celulares e moleculares: O estudo dos polimorfismos do SRA e alterações em nível celular de sua atividade também pode contribuir para a compreensão dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos nas patologias acima citadas. Neste contexto propomos estudos sobre a atividade do SRA em células mesangiais e animal transgênico com diferentes abordagens. Efeitos modulatórios do exercício na hipertensão e diabetes: Considerando os efeitos benéficos do exercício físico no tratamento da hipertensão e diabetes, estudaremos os efeitos modulatórios do exercício físico sobre o Sistema Calicreína-Cinina e SRA em pacientes hipertensos, ratos espontaneamente hipertensos e ratos expostos previamente à desnutrição in utero.

Coordenador(a): Prof(a). Dulce Elena Casarini

Sistemas Hormonais nas Doenças Renais e Cardiovasculares: Da Biologia Celular a Novos Paradigmas Fisiológicos com Avanços para a Terapêutica

Descrição: Doenças cardiovasculares e renais figuram entre as principais ?pandemias não contagiosas?, pois são responsáveis por aumento exponencial na morbidade e mortalidade precoce ao redor do mundo. Devido a sua ampla complexidade e a sua importância na fisiopatologia de diversas doenças que convergem nas principais causas globais de morte por doenças não contagiosas, o SRA é um campo fértil para pesquisa, principalmente no que concerne em traduzir os resultados na prática clínica e nas políticas de saúde pública. Com base no exposto, este projeto temático visa: avaliar os mecanismos moleculares de comunicação celular e as interações dos componentes do SRA intra sistema e entre sistemas frente a diversos tratamentos com inibidores do SRA e hormônios; descrever a modulação do SRA em resposta a potenciais novos fármacos, contemplando elucidar os possíveis mecanismos de ação modulados que possam resultar nos efeitos farmacológicos desejados; verificar o papel da interação do SRA com o SCC e com os receptores pró-renina e purinérgico P2X7 na fisiopatologia das doenças cardiovasculares, renais e na obesidade; ainda, avaliar como estão modulados componentes do SRA em diferentes estados fisiopatológicos visando identificar biomarcadores de prognóstico e diagnóstico; e investigar a resposta do SRA e os efeitos fisiológicos desta, frente a estressores e ao exercício físico. Para tanto, este projeto temático englobará 19 desafios que são divididos em três diferentes eixos de pesquisa, o primeiro eixo corresponde ao estudo dos mecanismos moleculares e de interação do SRA, o segundo eixo é voltado a investigação de novos fármacos e biomarcadores e o terceiro tem como base a investigação da resposta do SRA ao estresse e ao exercício físico. Os desafios propostos contemplam a pesquisa básica e aplicada, e contam com modelos experimentais em células e animais, e ainda com estudos populacionais. Assim, a execução desde projeto temático contribuirá para preencher lacunas do conhecimento a respeito dos mecanismos moleculares e fisiológicos que envolvam o SRA e que sejam relacionados com o desenvolvimento e progressão das doenças cardiovasculares e renais. Entre os ganhos advindos da execução deste projeto temático podemos listar; a identificação de novos alvos terapêuticos, a descoberta de potenciais novos fármacos e de biomarcadores para diagnóstico e prognóstico, além de uma melhor compreensão dos benefícios dos métodos protetores e profiláticos. Assim, sedimentando conhecimento para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas e de políticas de saúde pública, que beneficiam a sociedade como um todo. Além da contribuição no âmbito científico e social, é importante ressaltar a contribuição deste projeto na formação de novos pesquisadores e pessoal técnico científico, que perpetuarão o desenvolvimento e progresso da ciência nacional.

Coordenador(a): Prof(a). Dulce Elena Casarini

Sobrecarga de frutose em genitores: impacto do treinamento físico nas alterações cardiometabólicas e neuroimunes da prole

Descrição: Atualmente tem sido observado um aumento exacerbado no consumo de frutose devido a sua grande utilização pela indústria alimentícia, o que parece estar relacionado ao aumento na prevalência de síndrome metabólica. Sabe-se que a alta ingestão de frutose leva a aumento de tecido adiposo, dislipidemias, resistência à insulina, disfunções hemodinâmicas e autonômicas. Estudos do nosso grupo demonstraram ainda, que tais disfunções estão associadas à inflamação, ativação do sistema renina angiotensina e estresse oxidativo, as quais podem ser atenuadas pelo treinamento físico. Recentemente, foi descrito o reflexo colinérgico inflamatório que parece desempenhar um papel importante nas respostas imunológicas, já que este circuito neural é responsável por converter sinais do cérebro para o baço, de maneira dependente da subunidade α7 do receptor nicotínico de acetilcolina (α7nAChR), diminuindo a síntese e liberação de citocinas pró-inflamatórias sistemicamente. Entretanto, apesar do avanço científico nessa área, ainda pouco se sabe sobre quais são os impactos do exacerbado consumo de frutose dos pais sobre a prole, bem como o potencial terapêutico da atividade física na prevenção/tratamento dessa condição. Assim, o objetivo do presente projeto será: a) avaliar parâmetros cardiometabólicos e neuroimunes na prole de ratos Wistar submetidos a um tratamento com sobrecarga de frutose (10%); b) testar o papel do reflexo colinérgico inflamatório, por meio da esplenectomia; c) investigar o impacto do treinamento físico aeróbio, uma potencial abordagem terapêutica na modulação das possíveis alterações neuroimunes da prole. Inicialmente, serão utilizados 28 ratos Wistar. Dezoito ratos Wistar (4 machos e 12 fêmeas) serão submetidos a sobrecarga de frutose (10%) na água de beber por um período de 60 dias (dos 30 aos 90 dias de vida). Os outros 12 ratos Wistar (3 machos e 9 fêmeas) serão apenas acompanhados pelos mesmos 60 dias recebendo água. Após esse período, cada rato macho será alocado em caixa apropriada com 3 fêmeas para propiciar o acasalamento. Será mantida a sobrecarga de frutose para as fêmeas até o final do período de lactação. O dia de nascimento da prole será considerado dia 0 do estudo, o qual será divido em 3 protocolos. No protocolo 1 será avaliada e comparada a prole ao nascer de ratos tratados com água (n=24) ou frutose (n=24). No protocolo 2 será avaliada e comparada a prole de ratos tratados com água ou frutose no dia do desmame e 7, 14 e 30 dias após o desmame (n=10 animais, 5 machos e 5 fêmeas por tempo/por grupo). No protocolo 3 será realizada a esplenectomia, associada ou não ao treinamento físico (uma abordagem com potencial terapêutico) na prole de animais tratados com frutose no dia do desmame e os mesmos serão avaliados em 30 dias após este procedimento, sendo comparados com os grupos do protocolo 2. Serão realizadas análises de parâmetros metabólicos, hemodinâmicos, autonômicos, inflamatórios, do sistema renina-angiotensina e de estresse oxidativo sistemicamente e nos tecidos cardíaco e esplâncnico nos três protocolos. Os resultados obtidos no presente estudo podem contribuir para o conhecimento da influência da saúde cardiometabólica dos genitores sobre sua prole, podendo embasar futuras estratégias terapêuticas como o treinamento físico no manejo das disfunções da prole.

Coordenador(a): Prof(a). Katia de Angelis Lobo D Avila

Terapia com biofeedback no tratamento do refluxo vesicoureteral e disfunções miccionais não neurogênicas em crianças: revisão sistemática

Descrição: Trabalho envolvendo a Fundação Cochrane do Brasil em que se procurará realizar um revisão sistemática da literatura envolvendo o uso de "biofeedback" e a presença de Refluxo Vesicoureteral em crianças.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Gonzaga de Freitas Filho

Transcriptoma de pequeno RNA e seus papéis na regulação das células natural killer em indivíduos saudáveis e em indivíduos infectados pelo HTLV-1 com diferentes manifestações clínicas

Descrição: Transcriptoma de pequeno RNA e seus papéis na regulação das células natural killer em indivíduos saudáveis e em indivíduos infectados pelo HTLV-1 com diferentes manifestações clínicas.

Coordenador(a): Prof(a). Sabri Saeed Mohammed Ahmed Al-Sanabani

Trial to Assess Chelation Therapy 2 (TACT2) DCC

Descrição: Awarded by National Institutes of Health.

Coordenador(a): Prof(a). Renato Delascio Lopes

Uso da Ferramenta Metagenômica na Detecção de Patógenos de Importância Clínica Produtores de ESBL e Carbapenemases em Diferentes Hospedeiros

Descrição: Uso da Ferramenta Metagenômica na Detecção de Patógenos de Importância Clínica Produtores de ESBL e Carbapenemases em Diferentes Hospedeiros.

Coordenador(a): Prof(a). Ana Cristina Gales

Uso de fios de polidioxanona (PDO) na face para efeito lifting e rejuvenescimento cutâneo, avaliação clínica, ultrassonográfica e por volumetria 3D

Descrição: Como alternativa à ritidoplastia clássica, tem-se procurado técnicas menos invasivas a partir de fios de sustentação para reposicionar as estruturas da face. Este trabalho tem o propósito de promover o rejuvenescimento facial com fios de PDO I-Thread Sculpt. Trata-se de um estudo prospectivo, aberto, de trinta pacientes com envelhecimento facial moderado. Antes e após inserção de 5 pares de fios de PDO em cada lado da face, as pacientes serão avaliadas por documentação fotográfica padronizada, escaneamento volumétrico tridimensional do rosto com a quantificação da variação volumétrica das áreas tratadas e por questionário de satisfação. O acompanhamento da degradação dos fios de PDO após a inserção no subcutâneo superficial será realizada por ultrassonografia, permitindo a correlação entre o tempo de permanência do material implantado e a resposta clínica obtida. O trabalho pretende ainda oferecer uma padronização da técnica de aplicação dos fios para tratamento dos terços médio e inferior da face, possibilitando a reprodutibilidade do efeito lifting alcançado. A quantificação das alterações volumétricas poderá oferecer uma base para comparação do tratamento utilizando os fios de PDO I-Thread Sculpt e outros métodos como ácido hialurônico e ácido poli-L-láctico.

Coordenador(a): Prof(a). Samira Yarak

Uso de técnicas proteômicas para o estudo da acetilação de proteínas via radicalar desencadeada pelos produtos da reação Diacetil/peroxinitrito

Descrição: Este projeto visa utilizar ferramentas bioanalíticas no estudo da acetilação de proteínas via mecanismo radicalar. O ânion superóxido, gerado no estresse oxidativo, reage com o óxido nítrico produzindo o peroxinitrito, que combinado com o diacetil origina espécies radicalares capazes de acetilar as proteínas e as bases nitrogenadas, cujo mecanismo foi demonstrado em um estudo in vitro. A exposição ao diacetil é associada a diversos tipos de doenças, principalmente as pulmonares. A acetilação radicalar não controlada pode provocar a alteração da função das proteínas e erros no processamento da informação genética, ocasionando doenças e mutações. O propósito do trabalho é verificar se a reação peroxinitrito/diacetil produz a acetilação via radicalar in vivo e, posteriormente, avaliar como essas alterações influem na expressão proteômica no tecido pulmonar de ratos Wistar. Os animais serão divididos nos seguintes grupos: i) controle que receberá o veículo, ii) somente peroxinitrito; iii) diacetil marcado com 13C; iv) peroxinitrito e diacetil marcado 13C. Os metabólitos e as proteínas de cada grupo serão analisados por eletroforese capilar, eletroforese em gel bidimensional, cromatografia líquida, western blot e espectrometria de massas para a separação e identificação das proteínas e das posições das acetilações. Esperamos contribuir para responder algumas questões biologicamente relevantes propondo um mecanismo não enzimático para a acetilação de proteínas e relacionando-o com a expressão proteômica na situação de estresse oxidativo e exposição ao diacetil. As respostas obtidas contribuirão para o entendimento dos mecanismos de acetilação não genéticos fornecendo insights para o estudo de doenças; a relação delas com a exposição ao diacetil e a necessidade de controlar o seu uso em alimentos.

Coordenador(a): Prof(a). Nilson Antonio de Assunção

Utilização da Medicina Regerativa na reparação e reconstrução de órgãos

Descrição: Pacientes portadores de insuficiência de órgãos e tecidos podem ser beneficiados através do uso de técnicas que de forma abrangente são chamados de Técnicas de Medicina Regenerativa. Consiste na engenharia de órgãos utilizando matrizes naturais ou sintéticas associadas ao uso de células tronco adultas de origem mesenquimal.

Coordenador(a): Prof(a). Luiz Gonzaga de Freitas Filho

Vitiligo: Aspectos clínico-epidemiológicos e interação com qualidade de vida e sono

Descrição: Trata-se de um estudo prospectivo, com análise dos sintomas e sinais clínicos e dados epidemiológicos dos pacientes com diagnóstico de vitiligo. Serão aplicados questionários para avaliação da qualidade de vida e do padrão de sono. A resposta imunológica será avaliada por meio de dosagens de interleucinas e vitamina D. Serão incluídos pacientes com e sem fototerapia.

Coordenador(a): Prof(a). Jane Tomimori

© 2013 - 2022 Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Rua Botucatu, 740, 5º andar, sala 562, Edifício Octávio de Carvalho - Vila Clementino • CEP 04023-062 - São Paulo - SP 

+55 11 3385-4100 Ramal 3027 / +55 11 5576-4228 • ppg.medicinatranslacional@unifesp.br